Capítulo 15 – Amigos

Voltei mores hahaha :)

--------

Quando abri os olhos à primeira coisa que vi foi o Kevin me encarando. Eu não agüentava mais os interrogatórios dele, teria que dar um jeito nisso e seria agora.

_O que você quer em Kevin? Não tem mais o que fazer não?
_De hoje não passa_ ele fechou a porta e virou a chave tirando da fechadura.
_Você enlouqueceu?
_Me conta o que ta acontecendo_ ele ordenou sério, não estava pra brincadeira.
_Você quer mesmo saber?_ perguntei meio irritado por sua insistência.
_Quero sim_ ele disse igualmente irritado.
_Então ta_ as palavras saíram todas de uma vez_ Eu estou apaixonado pela Demi, aquela vampira que queria me matar ouro dia lembra?
_Como é?
_Isso mesmo, esses dias em que eu sai, fui me encontrar com ela. Era por causa dela que eu estava triste e por causa dela que agora estou feliz, satisfeito?

Sua expressão vazia me deixou preocupado, será que eu fiz mal em contar a verdade?

_Kevin?

Ele me encarou por mais uns segundos sem dizer nada então sorriu. Eu não entendi.

_Bom, ela é a maior gata_ ele ergueu os ombros.
_Como é? Você não vai gritar, me xingar, dizer que sou louco?
_Não.
_Não vai contar pro papai?
_Porque eu faria isso?_ ele disse como se minha especulação fosse um absurdo.
_Como por quê? Ela é uma vampira e...
_Joe, eu não sou o meu pai_ ele afirmou_ se você ta feliz então... Que seja.
_Só pode ser brincadeira.
_Eu vi o que aconteceu com você desde que você a conheceu, eu sabia que tinha alguma coisa ai. 
_Eu achei que você fosse surtar_ confessei.
_Você é meu irmão, só o que quero é te ver feliz.

Eu não agüentei, levantei da cama num salto e corri pra abraçá-lo, ele me abraçou de volta sorrindo, então me empurrou.

_Chega né? Sem melação, isso não é coisa de macho.
_Eu te amo_ soltei.
_Credo_ ele fez careta.

Então nós dois ficamos lá rindo atoa.

Narrado pela Demi

Os dias que eu tinha que ficar em casa não eram tão interessantes. Estava sentada no quintal, olhando pro nada, quando a Sel e o Nick apareceram.

_Esta ocupada demais ou ainda tem tempo pros amigos?_ O Nick perguntou, sentando ao meu lado.
_Claro que tenho, hoje é meu dia de folga esqueceu?_ brinquei.
_Então topa sair com agente?_ A Selena ofereceu animada.
_Claro, como nos velhos tempos.
_Ótimo, vamos nessa_ ela segurou uma das minha mãos e o Nick segurou a outra e eles foram me puxando pra fora dali.
_Que pressa, eu sei andar sozinha_ reclamei.
_É pra que você não fuja_ ele brincou.
Eu revirei os olhos.

Nós corremos até o lago, onde fomos à última vez que saímos juntos. Estávamos conversando quando a Selena de repente fez uma careta.

_Que foi amor?_ Nick perguntou.
_Cheiro de cachorro_ ela falou.

Nós três levantamos na hora e então vimos da onde era o cheiro. O Joe estava com o irmão dele o Kevin, vindo na nossa direção. Eles pararam na nossa frente e nenhum de nós sabia o que dizer.

_Oi_ o Joe disse quebrando o silencio.
_Oi_ nós três dissemos em coro.
Nos olhamos mais um tempo_ Ele já sabe de tudo_ falou se referindo ao Kevin.
_Ele me contou tudo_ disse.
_E...
_Não vou contar pra ninguém_ ele sorriu_ adoro um segredinho.

Todos nós rimos juntos, o Joe tinha razão, o Kevin era mesmo imprevisível. 

_Bom, parece que estamos todos em família então?_a Selena disse.
_Uma família muito estranha, mais... É_ ele concordou.
_Ótimo, então, tão a fim de dar uma volta?_ o Nick perguntou.
_Claro_ ele concordou rapidamente.

Ele e o Nick começaram a andar juntos, como se fossem amigos há anos. 

_Ai, qual a marca desse tênis? É irado_ o Kevin perguntou ao Nick.
O Joe e a Sel se entreolharam e riram_ Homens_ ela falou e foi atrás deles.
_O que foi isso?_ perguntei meio atordoada.
_Eu disse que o Kevin era imprevisível_ ele sorriu e se aproximou pra me dar um selinho.
_Eu não duvido de mais nada depois dessa.

Nós rimos e seguimos eles pela selva. Nós passamos o resto da tarde juntos, como velhos amigos. O Nick, o Kevin e o Joe passaram horas conversando, falando besteira e nós rimos muito. Era como se as diferenças e preconceitos não existissem. 

_A Dani ia adorar saber disso_ o Kevin falou.
_Você não vai contar a ela_ o Joe ordenou_ ela não iria entender.
_Você não sabe disso_ ele fez careta_ eu entendi e eles também, porque ela não?
_Porque não_ ele insistiu.
_Ta, eu não conto, seu chato.

Mas ele não cumpriu a promessa, ele contou a namorada Dani o que estava acontecendo e ao contrario do que o Joe pensou ela adorou toda a historia e passou a fazer parte do segredo. Agora ao invés de dois éramos seis, dividindo um segredo, compartilhando bons momentos. Era um dia em casa, outro com o Joe e mais um com todos juntos. Era mais fácil assim, sem precisar esconder de todo mundo. A única coisa ruim da historia era a sede, que ainda me incomodava quando estava com ele, mais cada dia ia ficando mais fácil, eu esperava um dia poder superar.

_Caraca isso é muito irado_ o Kevin falou sorrindo enquanto olhava a pedra que eu fazia flutuar.
_Se controla Kevin_ a Dani revirou os olhos.
_Você num ta vendo isso? É muito maneiro, eu queria poder fazer essas coisas.
_Eu também, mais fazer o que, quem pode, pode_ a Selena disse.
_Adorei o seu esmalte_ a Dani disse pra mim, eu me desconcentrei e a pedra caiu de volta na água, espirrando água em tudo.
_Droga, tava tão legal_ o Kevin fez biquinho.
_Se controla amor.
_Foi a Sel que pintou, ela tem muito talento_ eu disse.
_Não, é falta do que fazer mesmo_ ela disse_ Ser uma vampira é muito chato.
_Ser um lobisomem também não é um mar de rosas, principalmente pra mulheres.
_Do que você ta reclamando?_ o Joe perguntou_ você é mais forte e rápida que qualquer mulher no planeta.
_Você nunca entenderia, e acha mesmo que eu ligo pra essas coisas? Por favor né cunhadinho.
_Ele não entende do universo feminino_ o Nick brincou.
_Menos mal, imagina se entendesse? Ia ser muito estranho_ o Kevin riu.
_Homens_ nós três dissemos em coro.

Um comentário:

  1. Tão queridos eles todos juntos!!!
    Posta logo... Mts bjinhos!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*