My Guardian Angel Capítulo 20


Por Joe
Acordei primeiro que minha princesa e a vi deitada ao meu lado com a cabeça apoiada em meu peito, pelo visto tínhamos nos mexido bastante durante a noite, mas na verdade essa foi a melhor visão que tive em anos, acordar e ver minha pequena ali, deitada comigo e com um lindo sorriso no rosto.
Quando Demi me contou sobre seus pais e que eles a batiam frequentemente fiquei com uma raiva deles! Como uma pessoa pode bater em uma menina tão carinhosa, gentil, doce... como a Demi. Agora estava tudo fazendo sentido, aqueles hematomas pelo o corpo dela quando a encontrei na rua, todas aquelas marcas e cicatrizes... Demi apanhava todos os dias de seus pais. Afinal aquelas cicatrizes pareciam ser já de algum tempo.
Era por isso que ela é tão fechada e não confia em ninguém, só Deus sabe o que minha pequena deve ter passado enquanto estava com os pais –Pelo menos pelo o que ela me contou somado as marcas em seu corpo- e agora sabendo disso eu não vou deixa-la voltar para casa. Demi deixou claro que ainda tem muitas coisas para me contar, mas eu não acharia bom dizer para ela tudo sobre Ashley de uma vez então, vou deixá-la confiar o bastante em mim para me contar todos seus segredos, assim eu aproveito e conto os meus também. Eu sei que Demi foi estuprada, aquele exame que ela fez deu para perceber, só espero que não tenha sido o pai dela que fez isso porque se não ela deve estar muito traumatizada. Claro que você ser estuprada por qualquer pessoa já é ruim (muito ruim, eu vejo alguns casos que amigos psiquiatras falam! Algumas das pessoas não conseguem mais ter qualquer contato com pessoas, ao menos, parecidas com o estuprador. Dizem que é horrível, a pessoa perde a razão de viver e pode entrar em depressão profunda, tentar suicídio entre outras coisas) e você já fica traumatizada, mas imagina ser estuprada pelo seu próprio pai? Nem quero imaginar isso com a minha Demi, e vou fazer de tudo para ajudar a pequena ainda mais agora já sabendo mais ou menos das coisas que aconteciam com ela...
Me liguei que estava pensando em tudo isso e velando o sono da minha pequena, dava pena de acordá-la, estava tão linda... Mas a vida continua e apesar de muito, muito melhor mesmo com a Demi ao meu lado, eu tinha que levantar e acordar ela. Isso me deu pena, Dem’s estava tão linda e tudo mais.
Comecei a dar beijinhos em seu rosto, começando pela testa, passando pelas bochechas e pelo nariz assim como na primeira vez que nos beijamos (a primeira vez que realmente senti que precisava dela e que ela precisava de mim diga-se de passagem) até chegar em seus lábios e passar a dar pequenos selinhos. Ela nem se mexeu e se fez isso foi um movimento muito pequeno que eu deixei passar, então levei minha boca até seu ouvido e comecei a murmurar coisas como “Acorda pequena”, “Ta na hora de acordar Dem’s” intercalando isso com mordidinhas em seu lóbulo. Ela logo começou a despertar...
Demi: Bom dia Joe - disse ela ainda com os olhos fechados e sorrindo, uma fofa, minha fofa agora que ela não vai mais voltar pra casa.
Joe: Bom dia minha pequena - disse dando um selinho molhado nela que na mesma hora retribuiu e sorriu um pouquinho tímida em seguida.
Demi: Dormiu bem?
Joe: Mas é claro que dormi bem, com você ao meu lado não tem como não dormir bem, você é uma ótima companheira de sofá a noite, nem me chutou... to orgulhoso de você Srta. Demetria
Demi: O Sr. Também Dr. Joseph é um ótimo companheiro de sofá, mas vamos parar de falar nisso que eu to ficando com vergonha- disse ela escondendo o rosto no meu pescoço
Joe: Mas é verdade pequena, dormi feito um bebê com você aqui do meu lado e... Não precisa ter vergonha - disse sorrindo e passando a mão pelo seu cabelo e deixando um beijinho lá.
Demi: Eu também dormi muito bem ao seu lado Joe - disse ela me olhando e sorrindo fofa, e o mais incrível é que mesmo com seus cabelos negros desarrumados ela estava maravilhosa!
Joe: Que bom pequena! E ai, está com fome? 
Demi: Faminta - disse rindo
Joe: Então fica aqui que eu vou preparar um café da manhã bem gostoso para nós!
Demi: Não precisa Joe, você tem que ir trabalhar, não precisa se incomodar comigo!
Joe: Não incomoda princesa e hoje eu estou de folga então vou passar o dia todinho contigo
Demi: Sério? - disse abrindo aquele sorriso que eu mais gosto
Joe: Sério pequena
Demi: Então já que você vai fazer o café, eu vou tomar banho enquanto isso e já venho OK?
Joe: Não precisa vir Dem’s, eu vou levar nosso café na cama
Demi: Olha que assim eu fico muito mal acostumada em!
Joe: Pode ficar pequena, tudo o que eu puder fazer para você eu vou fazer
- E assim saí da sala a deixando deitada no sofá e fui para cozinha preparar nosso café. Como não sei muito os gostos da Demi preparei de tudo um pouco: Panquecas, suco, café, torradas, geleia de amora, bacons, biscoitos amanteigados, e mais algumas coisinhas... Quando cheguei lá na sala ela já havia tomado banho e estava deitada no sofá e para a minha surpresa havia pegado no sono novamente. Coloquei a bandeja encima da mesa de centro e fui acorda-la!
Joe: Acorda bela adormecida - disse baixinho em seu ouvido e dando beijinhos em seu pescoço
Demi: Hum... Nossa eu dormi de novo? - disse ela abrindo os olhos e se espreguiçando na cama
Joe: Dormiu sim bela adormecida! Eu demorei tanto assim para chegar aqui?
Demi: Acho que não, eu é que ainda estava com sono e dormi novamente
Joe: Então sente-se que nosso café já esta pronto - disse apontando para a bandeja
Demi: Nossa Joe o que é isso tudo. Quer que eu engorde é? - disse rindo
Joe: Não sabia muito do que você gostava então peguei um pouco de cada coisa e fiz uma coisa que você ama também - disse sorrindo
Demi: O que?
Joe: Brigadeiro - disse sorrindo e a vi com olhinhos brilhando
Demi: Ai meu Deus, tu quer me deixar mesmo muito mal acostumada - disse rindo
- E assim se passou a nossa manhã, comemos e continuamos no nosso sofá em frente a janela, entre risadas e beijos carinhosos... Confesso que eu estou amando tudo isso que está acontecendo comigo e com a Demi, é tão bom e eu não sei explicar é como se eu só quisesse mais um beijo toda vez que estou com ela, não que eu quisesse só “ficar” com ela toda hora, mas... Ahh não tem como explicar, só é bom, então temos que curtir o máximo esse nosso momento que pode ser eterno em nossas mentes, vidas e corações se a Demi quiser...
* Continua


Divulgação nova na página meninas, passem lá para ver :D


5 comentários:

  1. posta logo.. muito fofo...
    mas ve se nao demora tanto quanto a ultima vez...
    Super curiosa aaaaaaa Q FOFOOOO TA LINDOOO

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH EU QUERO UM JOE ASSIM PRA MIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIMMMMMM
    capitulo tao romantico *_* posta o mais rapido possivel por favoooooorrrr

    ResponderExcluir
  3. Será que poderia ver e divulgar esse blog:
    http://reviverstories.blogspot.pt/
    Foi criado à dois dias e é um blog criado como se fosse uma homenagem aos escritores do Blogger.Se quiser participar,ou pertencer,avise a dona do blog por comentário.

    Beijos.

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*