Chapter Seven


Demetria Narrando
__Acorde Demi__ uma vozinha suave sussurrava em meu ouvido__ está na hora de acordar princesa.
Abri os olhos devagar, me espreguiçando pra espantar o sono e sorri ao dar de cara com meus pais ali parados sorrindo pra mim. Sentei-me na cama, esfregando os olhos e depois de encarar o relógio os observei levemente confusa.
__Algum problema?__ perguntei.
__Feliz aniversário de dezoito anos__ eles sorriram alegremente pra mim.
Os encarei confusa por um momento, como podia ser meu aniversário de dezoito anos e eu não lembrar disso? Era o momento mais esperado por mim desde que fiz quatorze e ouvi sobre o que isso significava, maior idade... Liberdade. Alguma coisa me pareceu estranha naquele cenário mas ignorei isso quando minha mãe me abraçou e me entregou um envelope com um lacinho colado.
__Abra seu presente__ ela disse ansiosa.
__Você vai adorar isso, é de nós dois... Deu trabalho conseguir em cima da hora mas sabíamos que você ia adorar isso, então aproveite__ meu pai disse.
 
Abri o envelope curiosa, primeiro achei que fosse dinheiro, mas quando abri vi que eram três ingressos pro show do Ne-yo na cidade na próxima semana. Não acreditei quando vi aquilo, um sorriso imenso iluminou meu rosto, eu tinha tentado comprar os ingressos pro show, mas além de serem caros e minha mesada ser baixa, os ingressos haviam esgotado em poucos dias, então havia perdido a esperança.
__Não acredito que fizeram isso__ abrecei os dois__ é perfeito, obrigada.
Ne-yo, era meu cantor favorito, ele tinha ótimas músicas e minha favorita era Never New I Need, meus pais ficavam enjoados de me ouvirem cantando essa música pela casa, mas eu não ligava.
__Compramos três ingressos pra você não ir sozinha, então pode levar o David e mais alguma amiga sua.
__Oh obrigada, vocês são os melhores pais do mundo__ bom, eles sabiam ser bons pais quando queriam__ falando nisso, onde está o David?
Meus pais se entreolharam sem jeito.
__David saiu ainda pouco com a Vic, não disse pra onde ia e nem quando voltava, acho que iam passar o dia todo fora__ meu pai disse desconfortável.
__Oque? Ele saiu sem falar comigo? Mas por quê?__ os encarei confusa__ ele está tramando alguma coisa?
David era meu irmão e éramos como unha e carne, inseparáveis, ele não faria algo assim comigo, me largar no dia do meu aniversário pra sair com a namorada sem graça dele. Na verdade ela era bem legal, mas eu tinha ciúmes por ela roubar toda a atenção dele, isso não vinha ao caso agora.
 
__Não sei querida, sinceramente__ minha mãe deu de ombros__ mas se levanta, preparei um café da manhã incrível pra você.
Eu me troquei e fui tomar o café da manhã especial que minha mãe fazia nos aniversários da família, com direito a tudo que ela proibia agente de comer normalmente, era incrível. Recebi várias ligações durante o dia e as horas foram passando sem que eu tivesse noticias do David. Algo estava me incomodando naquela história, ele não era de fazer isso, não era possível que tivesse esquecido de mim. Enquanto aguardava que ele aparecesse eu sentia uma estranha presença perto de mim, pensei ser loucura da minha parte, talvez eu não tivesse dormido bem, mas era uma presença forte que me causava arrepios e eu sentia como se alguém me observasse.
Chegou uma determinada hora que a raiva tomou conta de mim e sai de casa as pressas sem avisar aonde ia. Eu sabia onde David estaria se Vic estivesse com ele, tinha um lugar que ela simplesmente adora e David não cansava de falar sobre isso. A lanchonete não era muito longe da minha casa, então decidi que não seria um grande problema chegar até lá. Em questão de cinco minutos eu atravessava à rua em direção a lanchonete, nem precisei entrar pra reconhecê-los lá dentro, sentados um de frente pro outro e rindo de alguma bobagem e eles não pareciam com pressa. Não acreditava que ele tinha mesmo me trocado por ela no meu aniversário.
__Então__ eu cruzei os braços parada ao lado da mesa__ estão se divertindo?
__Demi?__ David me olhou espantado__ o que faz aqui?
__Não acredito que me largou no meu aniversário pra ficar com essa daí__ apontei pra ela irritada, deixando meu mau humor falar mais alto__ como você pode em?
__Demi, você não esta entendendo__ Victória interveio__ agente só estava...
__Eu não estou falando com você__ a cortei e voltei minha atenção pro David__ você sabia como esse dia era importante pra mim, eu achei que fossemos comemorar juntos, mais quer saber, você não se importa, está sempre me trocando pra ficar com ela, sempre tem algo mais importante pra fazer.
__Demi__ ele tentou falar de novo, se levantando da cadeira.
__Eu odeio você__ cuspi as palavras sem conseguir me conter.
Dei as costas a ele e saí da lanchonete apressada, estava tão irritada que lágrimas começaram a se formar nos meus olhos, eu odiava isso, toda vez que estava frustrada começava a chorar feito uma idiota, nem conseguia manter minha dignidade. Atravessei a rua correndo, ouvi David vindo atrás de mim, chamando meu nome e pedindo que eu esperasse, mas eu não queria falar com ele.
__Demi espere...
Ele parou no meio da frase, ouvi um barulho estranho de um carro derrapando e me virei assustada pra olhar o que estava havendo, o carro vinha rápido na direção de David que ficou parado no lugar sem reação.
__NÃO__ Gritei desesperada.
Parei de respirar e parecia que meu coração tinha parado de bater também, mas pouco antes de acertar David o carro conseguiu parar. Minhas pernas fraquejaram e eu tive que me segurar no banco pra não cair no chão com o susto, o motorista desceu do carro e correu até ele.
__Meus Deus, você esta bem?__ ele perguntou__ eu perdi o controle do carro, eu sinto muito.
__Não, tudo bem__ David respondeu__ não me acertou, foi só um susto.
__Graças a Deus, me desculpe mesmo rapaz.
Victória estava parada na porta da lanchonete e também parecia aliviada. David saiu do meio da rua e correu até mim, eu larguei o banco e me joguei nos braços dele, meu coração voltando a bater só que dessa vez tão rápido que chegava a doer dentro do peito.
__Oh Deus, você está bem?__ perguntei chorando, incapaz de segurar as lágrimas.
__Ta tudo bem Demis, foi só um susto, calma__ ele deu um beijo nos meus cabelos e me abraçou de volta__ escuta, eu não esqueci do seu aniversário, eu sai cedo com a Vic pra procurar o seu presente, eu procurei algo a semana toda e não consegui achar nada que fosse bom o bastante, então pedi a Vic, eu queria que fosse algo especial.
__Oh, eu sou uma péssima irmã, você quase morreu por minha causa__ eu disse de olhos arregalados__ e eu disse aquelas coisas horríveis, me desculpa.
 
__Ta tudo bem bonequinha__ ele sorriu pra mim, eu adorava quando ele me chamava assim__ não foi sua culpa, e eu estou bem... E falando nisso, feliz aniversário.
Ele tirou um pequeno embrulho do bolso e me entregou. Vic chegou correndo e o abraçou assim como eu fizera, também assustada.
__Você esta bem?__ ela perguntou preocupada.
__É, vaso ruim não quebra... Eu sou invencível__ ele piscou pra ela e lhe roubou um selinho.
Eu abri o pequeno embrulho que ele me dera e tirei de dentro o presente especial que ele demorou tanto pra encontrar. Era uma tornozelheira linda, de ouro, com as letras formando a palavra Dream, e tinhas uns pequenos coraçõezinhos em volta, era simplesmente linda.
__É perfeita David__ o encarei com lágrimas nos olhos e depois a Vic__ obrigada por ajudá-lo e me desculpem pelas coisas que eu falei, eu sinto muito.
__Ta tudo bem__ eles garantiram e me abraçaram__ feliz aniversário Demi.
__Agora vamos pra casa comer bolo__ David disse segurando minha mão e a de Vic.
Ele começou a nos puxar em direção a nossa casa, usei a mão livre pra limpar as lágrimas e me recompor, um alivio sem tamanho me invadindo ao ver que estava tudo bem, por um momento achei que ele seria atropelado, achei que perderia meu irmão e minha vida nunca mais seria a mesma, mas fora só um susto.
Lancei um rápido olhar em direção a lanchonete e vi um homem parado ali... Estava todo vestido de preto, as mãos dentro dos bolsos da calça, os cabelos bagunçados, um sorriso estranho no rosto, um sorriso que causava calafrios, mas o que me chamou atenção foram os olhos, eles eram... Negros, completamente. Fiquei parada no lugar olhando pra ele sem reação, divida entre o medo e uma outra coisa que eu não sabia nomear, eu conhecia aquele rosto, eu sabia que sim.
__Demi está tudo bem?__ David perguntou.
__Eu... __ me virei pra olhá-lo sem saber o que responder, então olhei de novo na direção do homem mas ele não estava mais lá, tinha sumido, sacudi a cabeça certa de que estava imaginando coisas__ eu estou bem sim, só pensei ter visto alguém mas... Era impressão minha.
__Ok, vem bonequinha__ ele me abraçou e seguimos os três pra casa.
 
_____________________________
Aquele tinha sido o melhor aniversário da história, tirando o susto que levei com o David tudo tinha sido perfeito e hoje íamos dar uma volta pela cidade. Eu, David e sua namorada Vic, eu tinha decidido dar uma chance a ela e tentar não ser tão ciumenta assim, tinha espaço pra nós duas no coração dele.
Nós três estávamos passeando juntos, tínhamos decidido ir comprar um sorvete e depois ir ao parque de diversões, quando íamos atravessar a rua eu pisei de mau jeito e meu pé torceu, graças ao maldito salto alto que eu estava usando, presente da minha tia que me obrigara a usar hoje. David me segurou antes que eu caísse no chão.
__Oh merda__ resmunguei de dor me apoiando nele.
__Você está bem Demi?__ ele riu da minha cara enquanto me ajudava a sentar no banco.
__Eu estou bem, eu só não nasci pra usar salto alto__ tirei o sapato do pé__ droga.
__Alguém desastrada igual a você de salto, não é mesmo uma boa combinação.
Mostrei a língua pra ele como uma criancinha faria.
__Está doendo muito?__ Victória perguntou__ podemos te levar ao médico.
__Não tudo bem, daqui a pouco passa__ eu garanti__ mais eu ainda quero meu sorvete, vão lá comprar, eu espero aqui sentada.
__Tem certeza?
__Claro, eu já estava mesmo cansada do papo de vocês__ provoquei__ andem logo, eu quero de baunilha com chocolate e muita cobertura, ou nenhum de vocês vai me acompanhar naquele show.
__Chantagista__ David resmungou rindo.
Eu tinha convidado os dois pra ir ao show no Ne-yo comigo, ia ser legal. Eles foram até a sorveteria e eu fiquei lá sentada no banco esperando, massageando meu tornozelo, salto alto era uma arma fatal e perigosa. Eu estava sozinha no banco, não vi nem ouvi ninguém se aproximar mas de repente quando olhei pro lado havia um homem sentado ali olhando pra mim, eu obviamente tomei um susto e tive que conter um gritinho histérico.
__Desculpe eu não queria te assustar__ ele sorriu, um sorriso encantador e meu coração errou uma batida, fiquei olhando pra ele tentando descobrir o que me era tão familiar em seu rosto, mas me perdi encarando seus lindos olhos castanhos e profundos.
__Ta tudo bem__ forcei um sorriso tentando não parecer muito idiota e desviei o olhar.
__Sério?__ ele falou de repente rindo__ essa é sua ideia de vida perfeita Demi?__ congelei ao ouvi-lo falar meu nome__ posso entender o desejo de seu irmão estar vivo, mas fala sério, passeios pela cidade pra tomar sorvete, showzinho do Ne-yo, você realmente acha isso melhor do que o que tinha antes?
__Desculpe, eu conheço você?__ disse assustada, como ele sabia meu nome? De repente lembrei de onde o conhecia, era o cara que eu vira ontem na frente da lanchonete, com aquele estranho sorriso me encarando.
__Eu sei que você está magoada e assustada__ ele disse se virando pra mim e me inclinei pra trás pra manter distancia, querendo ir embora mas em conseguir me mecher__ mas isso não é a solução Demi, você não pode simplesmente me esquecer, não pode simplesmente fingir que nada aconteceu.
__Fique longe de mim__ eu murmurei nervosa.
__Você precisa acordar agora e me ajudar a lembrar, precisa ser forte... Isso aqui não é real e se você desistir vai morrer, eu vou morrer, vamos todos pro inferno. Você precisa acordar... Agora.
__Demi...
Me virei pra trás instintivamente e David estava parada ali com Vic segurando meu sorvete. Olhei de novo pro homem ao meu lado, mas ele sumira, assim como no dia anterior, sumiu como se nunca estivesse estado ali, eu olhei em volta assustada, procurando por ele.
__Qual o problema Dems?__ David perguntou preocupado.
__Nada, eu... __ se eu contasse a ele provavelmente pensaria que eu estava louca, então me calei__ trouxe o sorvete certo?__ sorri tentando parecer tranquila, mas por dentro eu estava pirando.
 
__Sim madame__ ele me entregou o sorvete e se sentou ao meu lado.
__Ele quase errou__ Vic informou se sentando do outro lado__ mas eu dei um jeito nele.
Tentei ficar tranquila e aproveitar o dia mas aquele homem não me saia da cabeça, nem as coisas que disse, eu não podia ter imaginado aquilo, eu não estava louca, eu sentia que alguma coisa ali estava errada, algo não se encaixava. Olhei pro outro lado da rua e vi ele parado perto de uma loja, ele sorriu pra mim e murmurou alguma coisa, mesmo sem poder ouvir eu soube o que era "Acorde". Quando ele disse isso o mundo a minha volta pareceu ficar turvo e cinza, as coisas perderam o foco e eu me levantei apressada, assustada, querendo que aquilo parasse.
__Demi o que foi?__ David perguntou.
Eu olhei pra ele e quando nossos olhos se encontraram tudo voltou ao normal. Respirei fundo e segurei as lágrimas que ameaçavam cair, maldição, eu tinha que aprender a me controlar.
__Nada, só está doendo__ eu disse me referindo ao meu pé__ pode me levar pra casa agora por favor?
__Claro, tudo bem, Vic me ajuda__ ele entregou o resto do sorvete pra ela e se virou pra mim, me pegando no colo sem nenhum esforço, eu escondi o rosto na curva do seu pescoço__ vamos pra casa bonequinha.
Fechei meus olhos e deixei que ele me levasse até em casa, e desejei não ver mais essas coisas, eu não queria ficar louca, eu só queria viver minha vida, só queria ser normal.
Fim do Sétimo Capítulo
15 Comentários para o proximo.!

19 comentários:

  1. OMG,é o Joe néh?Ai quase morri quando deu a parte do carro...
    Posta Logooo diva

    ResponderExcluir
  2. Posta Logo..Pelo amor de Deus...
    Eu vou morrer aqui de tanta curiosidade...
    Beijos...

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAHHHHH
    Amei
    Lindo..Lindo
    Posta Logo
    Beijemi

    ResponderExcluir
  4. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  5. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  6. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  7. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  8. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  9. PERFEITO!! POSTA LOGO!

    ResponderExcluir
  10. =O Demi burra acoooordaaa o,O'

    ResponderExcluir
  11. Aff como alguém pode ler uma coisa dessas?

    ¬.¬ só minha prima pra me obrigar mesmo! Tira isso do ar menina

    ResponderExcluir
  12. A Demi é uma burra, não vai acorda tão cedo!!! Tá ótima a historia, parabéns :D
    POSTA LOGO PELO AMOR DE CRISTO!!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. postaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa ela tem q acordar logo pq senao os 2 estarao correndo mais perigo ainda

    ResponderExcluir
  14. amei, tá perfeito.
    posta logo please.

    ResponderExcluir
  15. AAAAAAAAAAAAAI MEU DEUS! ELA TEM QUE ACORDAR PRA TUDO FICAR BEM KKKK
    POSTA MAIS TA MUITO BOM

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*