Capítulo 19. Demetria – Talvez Algum Dia

Olha quem voltou. Ainda estou sem computador. Mas eu irei postar uma vez por semana ok? 


ㅤㅤㅤㅤQuando os ânimos de todos se acalmaram um pouco, deixei Joseph sozinho com os irmãos e fui para meu quarto. Tentei escrever um pouco e distrair a mente das preocupações, mas quando isso não funcionou resolvi que precisava de ar puro. Coloquei um biquíni, vesti uma camiseta por cima e desci as escadas. No meio do caminho avistei Paul sentado no sofá da sala e Joseph estava com ele.
ㅤㅤㅤㅤ__Porque nunca me contou aquilo?__ Joseph perguntou, ele parecia bem mais calmo.
ㅤㅤㅤㅤ__Vocês são meus filhos e estavam sofrendo com a perda da mãe. Não importava o que ela tinha feito comigo, era mãe de vocês e não teria feito bem algum saberem disso__ Paul respondeu.
ㅤㅤㅤㅤ__Mas, todas aquelas vezes que te acusei e gritei com você...
ㅤㅤㅤㅤ__Joseph__ Paul se levantou e segurou o rosto do filho entre as mãos__ você é meu filho, e a ultima coisa que queria era te ver sofrer. Eu sabia o quanto era próximo de sua mãe e não queria destruir a imagem que tinha feito dela. Achei que seria mais fácil se me odiasse ao invés dela. Só não queria que você sofresse, tudo que eu fiz foi para que nenhum de vocês sofresse mais do que era necessário. 
ㅤㅤㅤㅤ__Eu sinto muito__ Joseph sussurrou.
ㅤㅤㅤㅤ__Eu sei.

ㅤㅤㅤㅤNão quis bisbilhotar mais ,então sai de fininho pelos fundos da casa. Estava feliz por eles dois começarem a se entender, era difícil vê-los brigando o tempo todo. Caminhei um pouco pelo terreno da casa e quando alcancei a cachoeira que ficava na propriedade me sentei perto da água e fiquei olhando a natureza. Parando para pensar, aquela semana em família até que estava rendendo bons resultados, não tinha sido de todo uma má ideia. 
ㅤㅤㅤㅤDei alguns mergulhos na água gelada da cachoeira, sentia que poderia passar o dia todo ali, sem preocupação alguma, só eu e a natureza. Mas quando voltei à superfície percebi que não estava mais sozinha, Joseph tinha me seguido e agora estava parado me observando.
ㅤㅤㅤㅤ__Você não devia fazer isso__ murmurei enquanto saia da água__ é assustador quando alguém fica encarando, parece um daqueles psicopatas de filme de terror.
ㅤㅤㅤㅤ__Eu sou psicopata que persegue e mata a garota bonita?__ ele sorriu.
ㅤㅤㅤㅤSequei-me com a toalha que tinha trazido e voltei a vestir a camisa por cima do biquíni.
ㅤㅤㅤㅤ__Eu vi você saindo de fininho__ ele disse__ obrigada por não interromper.
ㅤㅤㅤㅤEu apenas sorri e me sentei no chão, Joseph me acompanhou. 
ㅤㅤㅤㅤ__Obrigada por ter ficado comigo__ ele sussurrou observando á água.
ㅤㅤㅤㅤ__Eu te devia uma__ disse, lembrando de algum tempo atrás quando eu mesma tinha surtado e ele me abraçara até a dor passar__ é para isso que servem os irmãos.

ㅤㅤㅤㅤEle fez uma careta quando disse essa ultima parte.
ㅤㅤㅤㅤ__O que foi?
ㅤㅤㅤㅤ__Não gosto quando fala assim__ ele virou o rosto para me encarar__ não é verdade. Só porque nossos pais se casaram não quer dizer que somos irmãos. 
ㅤㅤㅤㅤ__Meio que quer dizer sim__ eu rebati, porque queria encerrar aquela conversa que eu sabia exatamente onde ia parar. 
ㅤㅤㅤㅤ__Não quero que sejamos como irmãos__ Joseph disse tranquilamente__ porque ai, eu não poderia fazer isso.
ㅤㅤㅤㅤE ele se inclinou para frente e juntou nossos lábios num selinho delicado. Afastei-me o mais rápido que minha sanidade me permitiu e o olhei me sentindo estranhamente cansada.
ㅤㅤㅤㅤ__Você tem que parar de fazer isso. É errado.
ㅤㅤㅤㅤ__Por quê?__ ele perguntou. 
ㅤㅤㅤㅤ__Porque sim__ suspirei irritada, porque eu não tinha nenhum argumento melhor que aquele. 
ㅤㅤㅤㅤ__Eu não entendo a sua lógica__ Joseph disse parecendo divertido__ nós nos beijamos, você gostou e eu também, porque não podemos fazer de novo? 
ㅤㅤㅤㅤ__Não é assim tão simples, as coisas que fazemos tem consequências Joseph. Não podemos fazer tudo que temos vontade.
ㅤㅤㅤㅤ__Isso quer dizer que você tem vontade?__ ele sorriu de novo.
ㅤㅤㅤㅤ__Joseph...

ㅤㅤㅤㅤ__Porque você tem que racionalizar tudo?__ Joseph questionou agora mais sério__ porque tudo tem que significar alguma coisa? Porque não pode apenas... Sentir?
ㅤㅤㅤㅤEu abri a boca para responder, mas antes que pudesse ele estava novamente se inclinando sobre, me deitando na grama quente, mantendo minhas duas mãos bem presas e seu corpo sobre o meu.
ㅤㅤㅤㅤ__O que está fazendo Joseph?
ㅤㅤㅤㅤ__Olhe nos meus olhos e diga que você não gostou daquele beijo__ ele ordenou__ diga que não quer que aconteça de novo e eu te deixo em paz. 
ㅤㅤㅤㅤ__Eu não disse que não gostei__ sussurrei e ele já ia se inclinando novamente para me beijar, mas o interrompi__, mas não sei se quero que aconteça de novo, não quero ser mais uma das milhares de garotas com quem você fica.
ㅤㅤㅤㅤ__Oh, isso de novo__ ele revirou os olhos.
ㅤㅤㅤㅤ__Eu não estou te julgando Joseph__ disse seriamente para deixar aquilo bem claro__ é só que já estive no seu lugar. Já fui exatamente como você, bebendo o tempo todo e ficando com qualquer um que aparecesse. Eu sei como é, e não quero voltar aquele tempo. Quando decidi tomar jeito na vida prometi a mim mesma que nunca mais seria assim. Eu não quero fazer as coisas por fazer, porque eu posso ou tenho vontade. Eu quero que a minha vida signifique alguma coisa, que as coisas que eu faço tenham um significado__ o olhei bem nos olhos, esperando que ele me entendesse__ isso é assim tão ruim? 
ㅤㅤㅤㅤ__Bem... __ ele soltou uma de minhas mãos e acariciou de leve meu rosto__ talvez algum dia signifique.
Ficamos ali parados naquela posição, olhando nos olhos um do outro, enquanto eu absorvia suas palavras. Estava bem óbvio que de alguma forma surgiu uma forte atração entre nós dois, eu não sabia explicar como, mas era isso... Uma atração. Mas será que algum dia, como ele acabara de sugerir, essa atração podia se transformar entre coisa? Será que alguns beijos poderiam significar algo mais? Será que eu queria que significasse algo mais? 
ㅤㅤㅤㅤ__Talvez__ sussurrei finalmente. 
ㅤㅤㅤㅤDessa vez não esperei que ele tomasse alguma atitude, só resolvi seguir seu conselho e apenas... Sentir. Então me inclinei para frente e eu mesma o beijei. Naquele momento mandei para o inferno minhas duvidas e o medo das possíveis consequências. Quão ruim podia ser o fato de eu estar beijando aquele que deveria ser meu irmão? Bem... Ninguém precisava saber. 
ㅤㅤㅤㅤJoseph deixou que o peso do seu corpo caísse sobre o meu e a sensação era maravilhosa, tê-lo assim tão perto, eu podia senti-lo em todos os lugares. Suas mãos deslizaram pelo meu corpo ferozmente, mas ainda de forma gentil, me causando arrepios. Deixei que as minhas o explorassem também, acariciando seu corpo maravilhoso, sentindo seus músculos por debaixo da camiseta. 
ㅤㅤㅤㅤSeu beijo era o paraíso... E o preço seria o inferno.

_____________________________
ㅤㅤㅤㅤ__Hey, onde vocês dois estavam?__ Jason perguntou quando Joseph e eu nos aproximávamos da casa__ procuramos vocês em todos os lugares.
ㅤㅤㅤㅤ__Estávamos na cachoeira__ Joseph respondeu muito naturalmente, parecendo incrivelmente tranquilo. Como se estivéssemos apenas nadando na cachoeira e não dando uns amassos. Como ele conseguia?
ㅤㅤㅤㅤ__Bem, hoje vamos comer em volta de uma fogueira__ ele murmurou__ como homens das cavernas.
ㅤㅤㅤㅤNós o seguimos até a entrada da casa onde Paul tinha feito uma pequena fogueira e estendido uns lençóis no chão para que pudéssemos nos sentar. Tinha uma cesta com comida... Então seria um piquenique a luz da lua. Eu e Joseph nos sentamos no chão, lado a lado e todos nos encararam.
ㅤㅤㅤㅤ__Onde vocês estavam?__ Paul perguntou.
ㅤㅤㅤㅤ__Na cachoeira__ respondi encarando o chão__ nadando.
ㅤㅤㅤㅤJoseph parecia estar se divertindo com meu nervosismo, porque fazia força para não rir bem ao meu lado. Eu o olhei feio, o que só piorou a situação, mas graças a Deus ninguém se prolongou no assunto e logo estávamos todos conversando sobre coisas banais, como se nossos muitos problemas não existissem. 
ㅤㅤㅤㅤ__O que vocês acham de um pouco música?__ Jason sugeriu. 
ㅤㅤㅤㅤ__É uma boa__ minha mãe sorriu__ você vai tocar para nós?
ㅤㅤㅤㅤ__Você me ajuda?__ ele perguntou a Victória.
ㅤㅤㅤㅤ__Claro.

ㅤㅤㅤㅤJason foi buscar o violão e ele e Victória ficaram durante um minuto decidindo o que iam tocar para nós. Era legal ver que eles tinham algo em comum e que estavam se dando bem agora, Victória até parecia menos... Infeliz. Talvez odiasse o mundo um pouco menos agora. Depois da grande revelação de Paul todos tinham ficado chocados, agora pareciam ter decidido fingir que nada acontecera. Veríamos por quanto tempo. 
ㅤㅤㅤㅤJason finalmente começou a tocar e Paul puxou minha mãe para uma dança. 

Pensando nos nossos tempos de juventude
Só existia eu e você
Éramos jovens, selvagens e livres.
Agora nada pode lhe manter longe de mim
Já passamos por isso antes
Mas agora já acabou
E você continua me chamando para mais.


ㅤㅤㅤㅤVictória tinha uma voz poderosa. Parecia que o talento não era exclusivo de Joseph. Enquanto estava distraída a ouvindo cantar, Joseph me puxou pela mão, me fazendo levantar e então me segurou junto de si.
ㅤㅤㅤㅤ__Me concede essa dança?__ ele perguntou sorridente.

Querida você é tudo que eu quero
E quando você está deitada em meus braços
Quase não consigo acreditar
Que estamos no paraíso
E amor é tudo que eu preciso
E encontrei em seu coração
Não é tão difícil de ver
Que estamos no paraíso.

ㅤㅤㅤㅤ__Você está com um olhar estranho no rosto__ Joseph comentou__ qual o problema?
ㅤㅤㅤㅤ__Porque acha que tem um problema?
ㅤㅤㅤㅤ__Você é muito transparente__ ele garantiu__ o que foi? Já está arrependida...
ㅤㅤㅤㅤ__Não__ tratei de interrompê-lo rapidamente__ pode ser difícil de acreditar Joseph, mas nem tudo gira em torno de você. Estou preocupada com outra coisa que não tem nada haver com nós dois.
ㅤㅤㅤㅤ__E porque não diz o que está te incomodando então?

Oh, uma vez na vida você encontra alguém
Que vira a sua vida de ponta a cabeça 
Que te anima quando você está mal
Agora nada poderia mudar o que você significa para mim
Há muita coisa a dizer
Mas apenas me abrace agora
Pois nosso amor irá iluminar o caminho.

ㅤㅤㅤㅤ__Estou preocupada com nossos pais__ confessei__ eles disseram que não tinha nada errado com o bebe ou com minha mãe, mas acho que estão mentindo. 
ㅤㅤㅤㅤ__Porque você acha isso?
ㅤㅤㅤㅤ__Conheço minha mãe e aquele olhar no rosto dela__ expliquei a observando por cima do ombro de Joseph__ o mesmo olhar que tinha no rosto sempre que queria esconder que meu pai batera nela de novo, como estava machucada ou triste. Ou quando queria esconder que não sabia se teríamos uma próxima refeição. Ela esta tentando fazer parecer que está tudo bem para não nos preocupar.
ㅤㅤㅤㅤ__Acha realmente que não nos contariam se tivesse algo errado?
ㅤㅤㅤㅤ__Eu tenho certeza e o fato de não nos contarem só prova que deve ser muito ruim. 


Querida você é tudo que eu quero
E quando você está deitada em meus braços
Quase não consigo acreditar
Que estamos no paraíso
E amor é tudo que eu preciso
E encontrei em seu coração
Não é tão difícil de ver
Que estamos no paraíso.


ㅤㅤㅤㅤ__Hey olha para mim__ ele pediu e eu obedeci__ talvez não seja nada. Não devíamos nos preocupar antes de ter certeza. Porque não pergunta a ela se tem algo acontecendo?
ㅤㅤㅤㅤ__Talvez seja exagero da minha parte__ eu queria acreditar que estava imaginando coisas.
ㅤㅤㅤㅤ__Fazemos assim então. Hoje esquecemos disso e nos divertimos, você relaxa e tenta ser um pouco menos neurótica__ ele sorriu quando o olhei de cara feia__ e amanhã os enfrentamos juntos e perguntamos se tem algo errado. 
ㅤㅤㅤㅤ__Tudo bem__ revirei os olhos para a expressão no rosto dele.

Eu esperei há tanto tempo
Para que algo acontecesse
Para o amor chegar
Agora nossos sonhos se tornam reais
Na felicidade e na Tristeza
Eu estarei lá com você.


ㅤㅤㅤㅤTerminamos a conversa e ficamos apenas dançando. Escorei minha cabeça em seu ombro, me sentia cansada porém levemente eufórica. Tinha muitas coisas e sentimentos diferentes passando pela minha cabeça. Estava tentando fingir que os amassos que dera com Joseph alguns minutos atrás fora algo perfeitamente normal, nada que valesse a pena esquentar a cabeça. Nada que justificasse o meu coração disparado ou a vontade de ficar abraçada com ele para sempre. 
ㅤㅤㅤㅤMas eu sabia dentro do meu coração que ainda pagaria um preço por essa euforia que sentia agora.
ㅤㅤㅤㅤ__ Querida você é tudo que eu quero, e quando você está deitada em meus braços, quase não consigo acreditar que estamos no paraíso__ Joseph cantou baixinho em meu ouvido. 
ㅤㅤㅤㅤAfastei-me para olhá-lo nos olhos e ele sorriu.

E amor é tudo que eu preciso
E encontrei em seu coração
Não é tão difícil de ver
Que estamos no paraíso.


ㅤㅤㅤㅤA música finalmente acabou. Todos aplaudiram e pediram por uma segunda rodada. 

Fim do Capítulo


6 comentários:

  1. posta mais pleeease, krjdgrjt beijos

    ResponderExcluir
  2. Joe quer muito uma segunda rodada...mas não da musica hahaha kkkkkkk tive que comentar isso!!!!
    Ameiii
    Xoxooo

    ResponderExcluir
  3. Me apaixonei por esse capítulo, um dos meus preferidos... Eles ficaram tão tudo juntos <3
    O que será que tá acontecendo com a Dianna? Eu preciso demais :3
    Fabíola Barboza

    ResponderExcluir
  4. Já quero mais... Eu amo essa história!!
    Fabi é vc???

    ResponderExcluir
  5. Hey amor, pode divulgar? http://umalovaticparasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. perfeitooooooooooooo ameiii posta maisss

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*