Capítulo 14

Durante toda a tarde os meus amigos me mantiveram ocupado, me levando a vários lugares pra que pudéssemos festejar meu aniversário, mais passei todo o dia com a cabeça longe, não consegui evitar. Estávamos agora sentados em uma mesa de bar conversando, já havia anoitecido e estávamos todos alterados pelo álcool... Inclusive eu, perdi a conta de quantas bebidas tomei, mais isso ajudou a me distrair. Minhas mãos estavam pousadas sobre a mesa, entre elas o meu celular... Depois de um longo segundo encarando o aparelho eu o abri e comecei a passar as fotos até encontrar a de Demi. Eu não sabia por que, mais eu simplesmente não conseguia deixar de olhar praquela foto... Eu não conseguia tirar ela da minha cabeça. Talvez fosse o medo de tê-la magoado de novo, ela parecia tão triste quando saiu da minha casa... Ou talvez fosse o papel que eu encontrei no chão e tentava entender se tinha algum significado ou se eu estava ficando louco... Se era apenas coincidência.


__Bro, o que você tanto olha nesse celular?__ Jake questionou__ é mulher pelada?

__Você devia ver sua cara__ Liam disse rindo e tentou imitar minha expressão... Se minha cara estivesse mesmo daquele jeito então meu problema era sério__ sério mano, muito engraçado.

Eu me levantei da mesa irritado, guardando o celular antes que eles pudessem ver a foto... Depois comecei a me afastar do bar, eu queria ir pra casa, aquele estava sendo o pior aniversário da história e eu nem mesmo tinha um bom motivo pra me sentir assim.

__Hey Bro, aonde você vai?__ David perguntou__ não pode sair por ai sozinho desse jeito.

__Eu estou bem, me erra__ resmunguei.

Eu fui caminhando até em casa, não podia dirigir e estava sem paciência pra pegar um táxi, e me ajudou a espairecer... Quando cheguei na frente da minha casa vi Demi e Aden juntos, eles também estavam chegando de algum lugar juntos, conversando e rindo de forma animada... Eu já não estava muito normal por culpa do álcool, e aquela cena me irritou.

__Hey Joe, fiquei sabendo que ta ficando velho hoje__ Aden disse quando me viu__ feliz aniversário.

__Vocês saíram juntos?__ eu perguntei sem me dar ao trabalho de responder ou agradecer os parabéns.

__É, eu fui mostrar a Demi o que era diversão__ ele brincou.

__E você se divertiu Demi?__ eu perguntei com um pouco de medo da resposta, não queria que ela gostasse mais de estar com ele do que comigo.

__Sim__ ela sorriu timidamente__ o Aden é maluquinho mais sabe se divertir... E você se divertiu com seus amigos?

__Muito__ respondi de forma um pouco grosseira demais, eu não sabia por que estava tão irritado... Eu ficava tão louco quando bebia, não gostava de me sentir daquele jeito.

Um silencio incomodo pairou entre nós, mais foi só por um instante antes de Demi de virar pra Aden.

__Obrigada pelo dia e pelas coisas que disse__ ela murmurou__ eu vou entrar, estou cansada.

__Até amanhã Dems__ ele deu um beijo na bochecha dela.

__Boa noite Joe__ ela disse pra mim e entrou em casa.

__Sabe Joe... Se você não tomar uma atitude, eu vou tomar__ Aden comentou__ esta deixando uma garota incrível dando sopa por ai, é meio idiota da sua parte.

__Do que você esta falando?__ eu resmunguei nervoso__ não venha querer me dizer o quanto ela é incrível, você não a conhece e sei o que esta tentando fazer... Ela é minha melhor amiga, então... Fique longe dela, não vai tirar ela de mim.

Ele riu da minha cara__ se você não estivesse bêbado eu juro que te dava um soco.

__Eu não estou bêbado... Talvez só um pouco__ revirei os olhos__ mais esta avisado.

Depois disso eu lhe dei as costas e entrei em casa... A Demis era minha, eu não ia o deixar mudar isso.

Demi Narrando



Depois que cheguei em casa tomei um longo banho pra relaxar e pus o meu pijama... Uma calça cor de rosa e uma blusa branca com desenhos de ursinhos. Estava saindo do banheiro e tomei um susto quando vi Joe parado no meu quarto, ele não parecia muito bem.

__Droga Joe que susto__ eu reclamei__ já disse pra parar de fazer isso, quer me matar?

__Desculpe__ ele pediu e sua voz era meio tristonha.

__O que faz aqui?__ eu questionei zangada.

__Você se divertiu mais com ele que comigo?__ ele perguntou me encarando.

__O que? Do que esta falando?__ o olhei confusa... Que papo era aquele?

__Você gosta mais do Aden que de mim?__ ele explicou e parecia tão triste enquanto falava aquilo.

Aquela era a suposição mais idiota que eu já escutara em toda minha vida, não tinha como eu gostar de alguém mais do que gostava dele, era uma pena que o sentimento não era recíproco... Bem, eu tinha decidido superar isso, se bem que a carinha de cachorro sem dono dele não ajuda... Porque ele tinha que ser tão lindo?

__É claro que não Joe__ eu neguei__ você é meu melhor amigo lembra?

Ele deu mais uns passos pra frente e então me abraçou apertado... Um pouco apertado demais eu devo dizer, eu gemi um pouco desconfortável com aquilo, mais a proximidade me fez entender o que estava errado... Ele estava bêbado, dava pra sentir o cheiro do álcool e estava forte.

__Você esta bêbado__ eu acusei.

__Um pouco__ ele confessou não parecendo nada culpado.

__Você precisa de um banho e uma xícara de café__ eu disse o afastando de mim__ urgentemente.

__Eu vou pra casa__ ele disse e começou a caminhar em direção a sacada e ele não parecia estável.

__Nem pensar, você não vai pular isso nesse estado__ eu disse segurando a mão dele__ vai tomar um banho aqui, eu vou na sua casa buscar uma roupa limpa e depois te trago um café... Entendeu?

__Tudo bem Demis__ ele concordou, fiquei me sentindo a mãe dele desse jeito.

Ele foi pro banheiro tomar banho e eu desci as escadas e fui até a casa dele buscar uma roupa... Depois do que acontecera mais cedo eu não me aventuraria nunca mais a pular aquela sacada. Toquei a campainha e a mãe dele atendeu.

__Oi Demi, tudo bem querida?__ ela sorriu ao me ver, e depois seus olhos me analisaram dos pés a cabeça, por um momento eu me esqueci que estava de pijama... Droga.

__Tudo... É que eu e Joe estamos vendo um filme e comemorando juntos o aniversario dele, então pensei de ele dormir lá em casa hoje__ ele ia ter que me agradecer por isso, se a Denise o pegasse bêbado ele estava frito__ então vim buscar uma roupa enquanto ele toma banho... Será que ta tudo bem?

__Claro, fiquei a vontade__ ela me deixou passar__ e aproveitem a noite.



Eu concordei e subi correndo pra buscar uma roupa pra ele... Peguei um short, uma sunga e uma blusa e então desci novamente, me despedindo da mãe dele e voltando pra casa. Quando cheguei no quarto ele estava sentado na minha cama me esperando... O corpo molhado, o cabelo despenteado e... Com a toalha enrolada na cintura... Eu arfei, sentindo meu coração disparar ao olhar pra ele, tão lindo e... Eu não sabia qual a palavra certa a usar, só de pensar eu ficava com vergonha. Respira Demi, ordenei a mim mesma, você precisa cuidar dele... Ele precisa de você.

__Eu trouxe a sua roupa__ disse me aproximando da cama, mais mantendo uma distancia segura.

Ele se levantou em silencio e veio até mim, eu pensei que ele fosse pegar a roupa da minha mão, mais ele em abraçou de novo, dessa vez de forma mais carinhosa, enterrando o rosto em meu pescoço e eu me encolhi sentindo o seu corpo se encostar completamente no meu, não estávamos exatamente vestidos... Ele com aquela toalha e eu com meu pijama de ursinhos ultrafino... Será que ele conseguia ouvir o meu coração batendo enlouquecidamente?

__Joe... __ eu tentei afastá-lo, ele ficava grudento quando estava bêbado... Que saco.

__Você gosta de mim Demi?__ ótimo, outra pergunta idiota.

__Claro que gosto Joe, você é meu amigo__ respondi com impaciência__ agora me solta, você precisa...

__Não Demi__ ele repetiu me segurando com um pouco mais de força, eu gemi sem querer... Deus, me ajuda__ você gosta de mim?

Eu me arrepiei dos pés a cabeça com a voz envolvente dele em meu ouvido, meio rouca e sexy... Oh droga.

__Joe... Por favor__ eu insisti me recusando a responder a pergunta, ele podia lembrar disso amanhã quando estivesse sóbrio e seria o meu fim__ você está pelado.

Ele me soltou e olhou pra si mesmo fazendo uma careta__ eu tinha me esquecido disso__ ele riu.

__Se vista por favor__ eu implorei lhe estendo as roupas.

Ele pegou as roupas da minha mão, me dando as costas e as colocando em cima da cama, então sem nenhum aviso ele simplesmente tirou a toalha... Eu tampei os olhos e me virei imediatamente, mais não rápido o suficiente pra me impedir de ver o seu bumbum. Mordi o lábio com força e encarei a porta pensando seriamente em correr dali... Assim ficava difícil a parte de “superar”. Eu só conseguia desejar que ele me abraçasse e me beijasse de novo, como fizera no outro dia... E outros desejos estranhos que eu não sabia explicar e era melhor não comentar.

__Tudo bem, já estou vestido__ ele me informou.

Eu me virei lentamente, com medo de que aquilo fosse mentira, mais ele realmente estava vestido.

__Ok, agora você vai dormir__ eu disse__ é... Dormir... Você precisa dormir antes que faça alguma besteira.

Eu o empurrei em direção a cama e o obriguei a se deitar... Ele ainda insistia em fazer perguntas idiotas e dizer coisas que eu não entendia, quando terminei de acomodá-lo e pensei em ir dormir na sala ele segurou meu braço.

__Dorme aqui comigo?__ ele pediu.

__Não acho que seja uma boa ideia__ eu disse um pouco nervosa... Ele sempre me deixava nervosa.

__Por favor, anjo__ ele pediu novamente fazendo aquela carinha de cachorro sem dono, assim eu não tinha como resistir.

__Tudo bem__ suspirei derrotada__ seu bêbado chato... Você é irritante quando ta de porre.

Ele sorriu e me puxou, me fazendo deitar na cama ao seu lado, então ele me abraçou, me puxando contra seu corpo... Eu estava um pouco desconfortável pelo fato de ele estar bêbado, mais era agradável esta nos braços dele, era agradável que ele quisesse a minha companhia e até mesmo a ideia de que ele estava com ciúmes do Aden, mesmo que por razões diferentes da que eu esperava.

Fechei os olhos com um leve sorriso no rosto, o sentindo beijar os meus cabelos e seus dedos deslizando por meus braços, fazendo carinho. Não demorou pra que eu pegasse no sono, mais não antes de ouvi-lo sussurrar...

__Boa noite anjo.

Joe Narrando



Quando acordei na manhã seguinte um sorriso surgiu em meu rosto com a primeira imagem que vi... Demi. Estávamos deitados na cama dela, um de frente pro outro, nossas pernas estavam entrelaçadas e sua testa colada na minha, nossos rostos a poucos centímetros de distancia. Eu não sei por que, mais gostei daquilo... Ela dormia tranquilamente, tão serena e tão linda com seus pijama de ursinhos, completamente adorável. Eu não sabia o que tinha dado em mim noite passada, aquela necessidade estranha de saber se ela gostava de mim, aquele ciúmes ao vê-la com Aden, eu só sabia que aquilo parecia ainda não ter passado. Olhando agora pra ela tive vontade de abraçá-la, e sabia que poderia ficar assim o dia todo e não me incomodar nem um pouco... Era uma sensação estranha pra mim. Não resisti a erguer a mão e acariciar o seu rosto.

__Oh Deus, estou ficando louco__ eu murmurei pra mim mesmo.

Ela se mexeu um pouco e então lentamente começou a abrir os olhos, eu abaixei a mão e sorri de novo sem saber por quê. Primeiro ela pareceu um pouco assustada com a proximidade entre nós, tanto que chegou o rosto um pouco pra trás, mais então seus olhos se focaram em meu rosto e ela sorriu de volta... Um sorriso lindo e tímido, o que eu mais gostava.

__Bom dia__ ela sussurrou com sua voz preguiçosa, erguendo uma mão pra esfregar os olhos.

__Bom dia__ respondi e naquele momento dei graças a Deus por hoje ser feriado e não ter aula... Eu não queria ir a escola, eu só queria ficar ali com ela__ obrigada.

__Pelo que?__ ela perguntou confusa.

__Por ter cuidado de mim ontem... Eu não lembro de tudo mais... Desculpe se fiz algo que não devia ou...

__Ta tudo bem__ ela me garantiu__ você é um chato grudento quando fica bêbado... Parecia um cachorrinho carente, mais não fez nada errado, fica tranquilo.

__Bem... Ainda me sinto assim__ sussurrei.

__Deve ser a ressaca__ ela comentou.

Era uma desculpa... Quando a ressaca passasse aquela estranha necessidade de atenção e afeto sumiriam junto.

Ficamos em silencio por um longo minuto, e eu não conseguia parar de olhar pro rosto dela... Ela devolveu meu olhar, sorrindo pra mim como sempre fazia, mais depois de um minuto pareceu ficar incomodada.

__Porque esta me olhando assim?__ ela perguntou desconfiada.

__Eu não sei__ confessei frustrado__ não me sinto bem... Não estou normal.

Meio que sem querer meus olhos se fixaram nos lábios dela... Minha mente vagou, lembrando do dia que a beijei na escola, a sensação de ter os lábios macios dela nos meus. Tive vontade de chegar mais perto de novo, de sentir aquilo de novo. Ok, eu estava mesmo louco, me sentei na cama assustado, tentando dispersar os pensamentos impróprios... Qual era o problema comigo?

__Você esta bem Joe?__ Demi perguntou preocupada.

Antes que eu pudesse responder a mãe dela entrou no quarto, sem nem mesmo bater... Ela sorriu ao me ver. O fato de eu estar deitado na mesma cama que a filha dela não era nada estranho, eu e Demi sempre dormíamos juntos, fazíamos tudo juntos na verdade. Todos já estavam acostumados com a nossa amizade... Nos viam como irmãos... Era isso que éramos, ou costumávamos ser eu sei lá... De novo, o que diabos tinha errado comigo? Eu realmente tinha bebido demais noite passada.

__Algum problema mãe?__ Demi perguntou.

__Aden esta lá em baixo esperando você__ ela disse.

__Oh droga eu esqueci que ele vinha__ Demi se levantou da cama apressada, quase tropeçando e correndo pro banheiro__ diz pra ele que eu desço em um minuto.

__Tudo bem querida__ ela concordou e saiu do quarto.

__Por que ele esta aqui?__ eu perguntei sem apreciar muito isso.

__Ele vai me levar pra conhecer a casa que os pais dele compraram na vizinhança e depois vamos ao cinema ver o novo filme com Orlando Bloom, eu esqueci o nome__ ela explicou.

__Não tínhamos combinado de ver esse filme juntos?__ eu lembrei.

Ela saiu do banheiro já vestida, com uma saia na altura do joelho e uma blusa branca de manga curta... Completamente fora de moda, mais ainda assim eu achava adorável... Eu era estranho.

__Achei que você fosse ver com seus amigos ou então com uma garota__ ela disse prendendo o cabelo apressadamente__ não precisa mais se preocupar, eu vou ver com o Aden... É, eu tenho que ir.

__Mais Demi...

__Agente conversa outra hora Joe, não posso o deixar esperando... Toma uma xícara de café e um remédio, garanto que vai se sentir melhor__ ela gritou já correndo pra fora do quarto__ até mais.

Fiquei ali sentado na cama encarando as paredes sem acreditar naquilo... Ela estava mesmo trocando por aquele garoto estúpido. E porque aquilo me incomodava tanto? Eu devia estar feliz por ela fazer novos amigos. Eu bufei inconformado comigo mesmo, abaixando a cabeça e puxando meus próprios cabelos... Eu precisava me concentrar, eu estava louco... Isso ia passar, não era nada demais, era só efeito do álcool... Ia passar.

Depois de um bom tempo mofando ali naquela cama sem acreditar que Demi havia me abandonado eu voltei pra casa. Minha irmã estava sentada no sofá, lendo uma revista... Eu me sentei ao lado dela, tentando por meus pensamentos em ordem.

__Qual o problema?__ ela perguntou depois de um interminável minuto, abaixando a revista e olhando pra mim.

__Você já conheceu alguém a sua vida toda e de repente... Passou a vê-la de uma forma diferente?__ eu perguntei.

__Tipo... Por trás?__ ela me encarou confusa.

__Porque exatamente eu estou conversando com você?__ revirei os olhos.

__Mal agradecido__ Nicole resmungou inconformada.

Eu me levantei do sofá, deixando Nicole de lado e fui pro meu quarto tomar um banho... Passei um bom tempo debaixo do chuveiro, tentando relaxar, me livrar daquela sensação estranha que não me largava desde ontem... Foi oficialmente o pior aniversário da história. Quando terminei meu banho fui até a cozinha tomar uma xícara de café.

O que eu fiz depois disso? Bem... Geralmente eu teria aproveitado o feriado, saído com meus amigos, pegado um monte de garotas, mais hoje eu não tinha vontade de fazer nada disso, então apenas fiquei lá mofando no meu quarto, olhando pras paredes... Eu tentei compor um pouco mais nada saiu, dei uma olhada rápida nos meus presentes mais nada conseguiu me animar, nem mesmo minha guitarra nova, eu estava mesmo mal. Porém quando eu menos esperava, a porta do meu quarto abriu e Demi apareceu.

__O que esta fazendo aqui?__ eu perguntei surpreso__ pensei que ia passar o dia fora com Aden.

__Eu ia__ ela deu de ombros__ mais me senti culpada, afinal eu tinha combinado de ver o filme com você, então resolvi vir pra casa. Não da mais pra assistir o filme hoje, mais... __ ela tirou a mão de trás das costas mostrando um DVD__ passei na locadora e trouxe um filme de terror pra assistirmos juntos... Se você quiser é claro.

Eu devia parecer um idiota com o sorriso que surgiu na minha cara... Ela tinha voltado pra ficar comigo.

__Claro que eu quero__ garanti a ela e estendi a mão a convidando__ vem cá.

Ela sorriu, correu e se jogou na cama do meu lado, me entregando o filme... Sexta feira treze.

__Vou colocar o filme, não vejo a hora de ver você gritando de medo__ eu disse rindo.

Filmes de terror eram bons pra ver com garotas, quando você queria se dar bem... O que não era o caso claro... Eu estava bem, estávamos bem, íamos ver o filme e nos divertir e aquilo ia passar... É, ia passar... Eu esperava.

CONTINUA...

8 comentários:

  1. está muito d++++++!
    vc vai postar até que capítulo hoje?

    ResponderExcluir
  2. BrunaJemi_LovatoJonas16 de dezembro de 2011 20:56

    *_* Eu to viciada nessa história! Posta maaaais, por favor, ñ para! :D Ta perfeitoooo, to muito curiosa! Bjssss

    ResponderExcluir
  3. Postaaaaaaaaaaaa mais ! :D

    ResponderExcluir
  4. posta posta posta posta por favorrrr! :D Beijemi

    ResponderExcluir
  5. Ta D+! posta mais :D

    ResponderExcluir
  6. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  7. POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  8. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH TBM TO VICIADA ISSO E UM VICIO

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*