Capítulo 22

Estávamos na aula de educação de física, tínhamos acabado de jogar uma partida de futebol e eu estava exausto, só queria tomar um banho e depois ir pra casa. Caminhei até minhas coisas que eu havia deixado na arquibancada junto com as dos meus amigos e quando cheguei lá vi Ashley, o meu bom humor imediatamente desapareceu.


__O que esta fazendo?__ eu perguntei a encarando e cruzando os braços.

Ela se virou assustada, escondendo alguma coisa nas costas__ Joe... Quanto tempo__ forçou um sorriso.

__Eu perguntei o que esta fazendo aqui__ repeti a olhando desconfiado.

__Fazendo uma ligação__ ela tirou o celular das costas__ eu ainda posso caminhar livremente pela escola até onde sei.

__Contanto que fique longe de mim__ dei de ombros.

__Você é uma graça Joe, cuspindo no prato que comeu e se lambuzou__ ela comentou cruzando as pernas, a mini saia encolhendo e deixando suas pernas de fora__ você não sente minha falta bebê?

__Não, eu arrumei coisa muito melhor agora__ respondi cinicamente__ e não me chame de bebê, eu odeio isso você sabe.

__Coisa melhor?__ ela de uma risada__ Você quer dizer a esquisitinha? Deus, eu vi o showzinho de vocês dois no sábado na frente da escola... Patético Joseph. Como pode dizer que ela é melhor que eu? Aposto que ela não faz com você nem metade do que eu fazia, aposto que ela não te dá o prazer o que eu dava__ ela passou a língua pelos lábios__ a coitada nem deve saber o que é sexo.

__Isso é tão deprimente Ashley__ sacudi a cabeça em sinal de reprovação__ você acha que humilhar as pessoas, humilhar a Demi vai te tornar alguém melhor? Esta enganada... Você... Você é lixo, é o lugar onde pessoas como você devem ficar. E a Demi é inocente sim, pura, coisa que você nunca foi e ela é mil vezes melhor que você... Ela causa em mim coisas que você nem sabe o que significam sem precisar ser vulgar e oferecida.

Ela fez uma expressão de choque, sem acreditar que eu estava mesmo dizendo aquilo.

__Agora você me acha oferecida Jonas, mais quando queria transar era atrás de mim que você corria, não se esqueça.

__É porque é pra isso que garotas como você servem__ dei de ombros.

__Você vai se arrepender disso... Eu juro que vai__ ela me fuzilou com os olhos e se levantou__ esse seu romancezinho não vai durar, então aproveite enquanto pode meu amor.

E ela saiu dali rebolando... Meu sangue ferveu... Eu esperava sinceramente que ela não aprontasse nenhuma pra cima da Demi, ou eu ia acabar matando ela, vontade realmente não me faltava.

__Hey Bro, o que você ta fazendo?__ Justin perguntou surgindo do nada atrás de mim.

__Nada não__ desconversei me concentrando em pegar minhas coisas__ ai, já terminou de usar meu celular?

__Ah claro__ ele concordou__ já copiei as músicas, valeu mesmo.

Ele começou a remexer sua mochila a procura do meu celular que eu havia emprestado pra ele, pra que pudesse pegar umas músicas. Ele procurou em todos os bolsos, depois de virou pra mim com o cenho franzido, confuso.

__Eu tinha guardado ele aqui nesse bolso__ ele murmurou.

__Você perdeu meu celular?__ perguntei o encarando.

__Não, tava aqui quando fomos jogar__ ele me garantiu__ tem que estar aqui.

Eu o ajudei a procurar, depois de um breve minuto de desespero achando que meu celular havia desaparecido nós o encontramos no chão da arquibancada, caído perto da mochila, meio fora de vista. Ele pegou e me entregou.

__Estranho, eu tinha guardado no bolso, não era pra isso estar no chão__ ele murmurou frustrado.

__Esquece isso, vamos tomar banho logo__ eu disse guardando o telefone.

Depois de tomar um banho e trocar de roupa fomos pra casa... Não havia mais nenhuma aula aquele dia então estávamos livres. Eu fiz o meu dever de casa, ou ao menos tentei fazer, escrevi mais um pedaço de outra música e quando estava entediado fui atrás de Demi, querendo passar mais um tempo com ela, ainda meio entorpecido pela nossa ultima tarde juntos.

Eu pulei da minha sacada pra dela... Demi estava ocupada sentada na cadeira do computador com uma cara nada feliz.

__Seu... Computador idiota__ ela resmungou dando um tapa no monitor.

__Demi__ eu chamei mais ela não me deu atenção__ qual o problema?

__É essa droga de computador__ ela disse irritada__ eu estava fazendo meu trabalho, ai a Mad apareceu eu comecei a conversar com ela, então ela foi embora e essa porcaria desligou sozinha... Agora não quer ligar mais.

__Calma, acho que posso que te ajudar__ eu disse rindo da frustração dela.

Me aproximei do computador pra dar uma olhada, ele realmente não estava querendo ligar... Dei a volta pra olhar na parte de trás e rapidamente encontrei o problema, tinha um cabo solto. Eu o coloquei no lugar, depois apertei o botão e o computador ligou

__Como você fez isso?__ ela perguntou espantada__ eu estou tentando a mais de meia hora.

__Tinha um cabo solto__ expliquei ainda rindo__ Mad deve ter esbarrado nele quando saiu do quarto e acabou saindo.

__Ah__ ela fez uma careta engraçada__ obrigada.

__É pra isso que eu sirvo__ me inclinei como quem faz uma reverência e ela riu__ vem cá.

Eu estiquei a mão a chamando, ela segurou e eu a puxei pra cima, fazendo com que ela ficasse de pé e puxando seu corpo pra mim. Eu a arrastei comigo até a cama e acabamos caindo juntos, deitados um de frente pro outro... Nós dois rimos juntos, divertidos, mais depois aquilo foi passando e eu comecei a admirá-la. Estava usando um vestido floral na altura dos joelhos, tão delicado quanto ela e o cabelo preso como sempre, mais ela estava linda, eu não conseguia enxergá-la de outra forma, não mais. Acariciei seu rosto, ela desviou os olhos pros meus e sorriu, nossos lábios se roçaram me causando um arrepio, então eu finalmente a beijei.

Alguns minutos depois ambos havíamos esquecido do mundo, do trabalho que Demi fazia antes de eu aparecer, nada mais importava. Eu segurava firmemente em sua cintura enquanto as mãos dela acariciavam meus ombros, braços e minha nuca. Cada vez menos tímida e mais a vontade quando estávamos juntos, Demi começou a distribuir alguns beijos pelo meu pescoço, um pouco desajeitada, sem saber bem o que fazia... Mais eu estava completamente arrepiado, adorando ter os lábios dela em minha pele, minha orelha... Ela aprendia rápido. Completamente extasiado eu a ouvia ofegar em meu ouvido enquanto eu a apertava mais contra mim.

Beijei-lhe abaixo da orelha, descendo por seu pescoço e a cada vez mais a vontade de senti-la era maior. Subi minha mão por sua coxa, sentindo a textura de sua pele, eu cheguei a pensar que ela fugiria de mim, mais ao invés disso ela pressionou mais seu corpo contra o meu, forçando sua perna em minha cintura, buscando inconscientemente por um contato maior.

Nós estávamos completamente abraçados, ela tinha o rosto enterrado em meu pescoço e sua mão apertava meu braço com força, enquanto eu lhe beijava o pescoço, e a essa altura eu tinha certeza que ela já podia sentir o volume que havia surgido em meu quadril. Às vezes eu a ouvia gemer baixinho e isso só me deixava ainda mais louco... Eu já estava sentindo um calor enorme.

Eu me afastei um pouco dela e puxei minha camiseta, querendo me livrar dela... Ela me olhou um pouco assustada quando o fiz.

__O que esta fazendo?__ ela perguntou nervosa.

__Só tirando a camisa, esta calor__ eu respondi sorrindo__ esta tudo bem?

Ela concordou com um breve aceno de cabeça e assim terminei de tirá-la, largando-a de lado... Notei como ela ficou nervosa enquanto olhava pro meu peito, me examinando minuciosamente. Percebi que ela ameaçava me acariciar, mordendo o lábio, então peguei sua mão e a ajudei, a guiando pelo meu peito e barriga, eu estremeci quando soltei sua mão e ela continuou sozinha.

Deixei que seu corpo descansasse no colchão e sem pressa comecei a baixar as alças de seu vestido, eu achei que ela hesitaria, mais ao invés disso ela mordeu os lábios, ficando levemente vermelha de vergonha e me deixou fazer o que queria. Eu sorri com a visão incrível de seus seios cobertos apenas pelo sutiã branco de renda e depois a beijei novamente, lhe dando alguns selinhos delicados. Ainda com os lábios colados nos dela, suspendi um pouco seu corpo e com habilidade desprendi o seu sutiã, depois a deitei novamente, deixando que minha mão vagasse, acariciando a lateral de seu corpo. Diminui aos poucos a velocidade do beijo, sentindo sua respiração pesada em meu rosto, e me livrei da peça que cobria seus seios.

Eu não queria parecer um idiota, mais ela era tão linda... A mais linda que já vi. Eu pressionei meu corpo ao dela, e ela gemeu abafado em meio ao beijo. Eu sentia que ia explodir a qualquer momento, nós nem tínhamos transado ainda e eu já estava daquele jeito, nenhuma garota conseguia fazer comigo o que ela fazia... Qual era o segredo dela? O que tinha de tão especial? Eu parti o beijo, deslizando meus lábios por seu pescoço e cobri um de seus seios com a minha mão, massageando suavemente, de forma delicada. Seus dedos puxavam meu cabelo, me instigando. Então eu desci mais um pouco, ela se encolheu e parou de respirar quando rodeei seus mamilo com os lábios e depois ela soltou todo o ar quando minha língua entrou em contato com sua pele, seu corpo se erguendo em direção ao meu. Eu fechei meus olhos, sentindo o gosto de sua pele, e sentindo ela se contorcer de prazer enquanto eu brincava de sugar e lamber. Ela pressionou seu quadril contra minha coxa que descansava entre suas pernas e suas mãos apertavam minhas costas, aumentando cada vez mais minha excitação.

Seu delicado vestido havia ido parar na cintura, sua barriga estava colada na minha, pele na pele... Um de seus seios em minha boca e o outro em minha mão, apreciando minhas caricias. Eu estava encaixado entre suas pernas, nossos corpos se roçando, buscando satisfazer um ao outro, completamente entorpecidos. Eu estava queimando por dentro, tanto que até chegava a doer... Eu precisava daquela garota, precisava que fosse completamente minha.

Voltei a beijar seus lábios, nossas línguas se pressionando de forma ansiosa... Desci um pouco mais minha mão, passando os dedos por seu ventre e então os arrastando com calma pelo cós da sua calcinha. Eu não sabia qual seria a reação dela, não queria passar dos limites, mais naquele momento não consegui me conter. Arrastei os dedos por sua calcinha, sentindo o tecido umedecido. Ela se contorceu com o toque, seus lábios fugiram dos meus e ela me empurrou devagar... Os olhos saltados, claramente assustada. Ela se levantou, tremendo enquanto tentava por de volta o sutiã... Meu corpo doeu quando ela se afastou de mim, sentindo falta do calor. Mais não era o que importava agora... Eu quase entrei em desespero quando ela levantou da cama, ajeitando o vestido.

__Demi ta tudo bem?__ eu perguntei tentando não pirar com o súbita interrpção do nosso momento.

__Você devia ir embora__ ela disse nervosa, sem olhar diretamente pra mim.

__Me diz o que aconteceu__ eu pedi agoniado, sentindo meu coração apertar__ foi alguma coisa que eu fiz? Me desculpa, eu não queria ser abusado ou apressado, eu só...

__Só... Vai embora, por favor, Joe__ ela pediu de novo, mordendo o lábio e fazendo careta.

__Anjo por favor__ eu me levantei e caminhei até ela, mais ela se desvencilhou do meu toque__ fala comigo.

__Você não fez nada__ ela disse um pouco alto demais, meio desesperada__ eu só... Devíamos parar por aqui, vai embora.

__Você esta com raiva de mim?__ perguntei preocupado__ é sério Demi, me desculpa... Eu...

__Não estou com raiva__ ela me garantiu, mais ainda não olhava diretamente pra mim__ ta tudo bem... Só... Vai embora, agente conversa outra hora... Vai por favor.

Eu não tinha mais o que fazer ou dizer, ela não queria conversar comigo e eu tinha medo de que insistir a deixasse com raiva... Eu so precisava saber o que estava errado com ela. Eu era um idiota, devia ter me controlado, sabia que estava indo longe demais, mais não consegui me segurar... Eu tinha que ir com calma com a Demi, mais eu perdia a noção de tudo quando estava com ela. Eu só esperava que não tivesse estragado tudo.

__Tudo bem__ eu concordei, eu falaria com ela depois.

Eu dei um beijo nos seus cabelos, e ela não fugiu de mim... Ela realmente não parecia com raiva, só incrivelmente assustada. Eu tentei não entrar em pânico e pulei de volta pra minha sacada, indo direto ao banheiro tomar um banho frio e acalmar meus hormônios antes que eu entrasse em combustão.

CONTINUA...

25 comentários:

  1. BrunaJemi_LovatoJonas19 de dezembro de 2011 21:09

    AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA POR FAVOR, Ñ PARA AI! Posta maaaaaaais! Por favooooor por favooor :D Ta mais q perfeitooooooooo <3

    ResponderExcluir
  2. Meeeeeeeeu Deus! Posta POR FAVOR! Ñ para no 22 ñ... PLEASE! Posta maaaais :D Ta lindooo *.*

    ResponderExcluir
  3. POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS Pelo amor de Deus! Ta lindoo, muuito fofo *.*

    ResponderExcluir
  4. Vc ñ vai me deixar na curiosidade né? kkkkkk por favor POSTA MAIS! <3

    ResponderExcluir
  5. Eu ñ vou conseguir dormir hj de tanta curiosidade! POSTA MAIS POSTA MAIS POSTA MAIS PLEASE!!!! :D

    ResponderExcluir
  6. posta mais please +++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  7. +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++ please
    :p

    ResponderExcluir
  8. Posta +! Please :)

    ResponderExcluir
  9. aaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhh PQ PAROU NESSA CENA HEIN? vc adora me ver infartando né? posta maiiiiiiiiiisssssssssssssss

    ResponderExcluir
  10. *-* Por favor! Eu ñ vou conseguir dormir hj sem ler pelo menos mais 1 capítulo! Posta mais :D Eu te imploro! Ñ me mata do coração hahaha :) Ta perfeito... <3 Beijemis

    ResponderExcluir
  11. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa posta posta posta posta postapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostapostaposta

    ResponderExcluir
  12. Ahhhhh....
    Meu deus....
    Menina olha onde você foi parar....
    QAue maldade...
    Agora eu to mega super super curiosa....
    Posta Logo....
    Beijoe...

    ResponderExcluir
  13. POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA eu ñ vou conseguir dormir :/ Por favoooor, postaaaa :)

    ResponderExcluir
  14. faz uma maratona PLEASE

    ResponderExcluir
  15. OOOOOOOOOOOMG POSTE LOGO ESTOU MEGA CURIOSA OMG OMG

    ResponderExcluir
  16. faz uma maratona PLEASE

    ResponderExcluir
  17. faz uma maratona PLEASE

    ResponderExcluir
  18. faz uma maratona PLEASE

    ResponderExcluir
  19. faz uma maratona PLEASE faz uma maratona PLEASE faz uma maratona PLEASE

    ResponderExcluir
  20. acho que a Ashley vai espalhar a foto da Demi pelo colegio ...e ela vai pensar que foi o Joe ..... mas sei la vc é sempre imprevisivel ...posta logo mto anciosa ...

    ResponderExcluir
  21. POSTAAAAA LOGOOOO CARAL***...TA INCRIVEL....POSTAAAA PLEASEEEEE..AMEIIIII.

    ResponderExcluir
  22. Flor vc pode divulgar o meu blog , ele nao é de Fics mas por favor passe lá e se gostar siga, ele ainda está no começo : mylife-tainan.blogspot.com

    Obrigada !

    ResponderExcluir
  23. Vc quer me matar! Só pode! kkkk Posta logooooo, eu ñ aguento mais, to pirando aqui! :D :D :D

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*