Capítulo 30,31 & 32



Eu estava sentado em uma mesa do refeitório com a Selena, os outros estava comprando seu lanche e eu não fazia ideia de onde Demi estava. Agente não conversava desde ontem, tinha ficado um clima estranho entre agente depois do que acontecera. Eu senti uma alegria enorme dentro do peito quando ela dissera que me amava, não dava pra explicar, mais eu simplesmente não consegui responder... Eu tentei, mais não consegui pronunciar aquelas três pequenas palavras. Eu não sabia que seria tão difícil.

__Joe ta tudo bem?__ Selena perguntou parecendo preocupada.

__Não muito__ confessei__ aconteceu um negocio comigo e a Demi e eu... Sei lá, eu to preocupado.

__O que foi que aconteceu? De repente eu posso ajudar__ ela se ofereceu.

__Ela tava meio estranha esses dias, eu não sei bem porque__ tentei explicar__ mais agente tava bem... Só que ela disse...

__Disse o que Joe?__ perguntou curiosa.

__Ela disse que me amava__ eu sussurrei com um longo suspiro__ e eu não consegui dizer o mesmo.

__Oh__ ela fez uma careta__ isso nunca é bom.

__Eu gosto dela demais Selena, você nem faz ideia... Mais eu não consegui dizer, eu sei lá... Entrei em pânico, você sabe do meu problema com...

__Relacionamentos? É eu sei bem__ ela comentou sorrindo__ você nunca foi bom nessas coisas.

__Eu to acostumado a fugir toda vez que a coisa ficar séria, eu sempre fiz isso... Acho que pra me proteger, sei lá. Acho que é medo de me envolver demais e não dar certo e acabar... Machucado.

__Você é super corajoso e já pegou todo tipo de mulher, mais quando o assunto é amor você fica ai todo medroso__ ela riu de mim.

__Como posso dizer que sinto uma coisa que nem faço ideia do que é?__ eu perguntei a fitando.

__Você vai saber quando sentir__ ela me garantiu__ não tem como te ensinar o que é... Você precisa aprender sozinho.

Não importava o quanto eu gostasse dela, eu não conseguia me livrar daquele medo estúpido... Aquilo me atrapalhava sempre, mais eu não queria deixar isso estragar o que agente tinha, estávamos tão bem.

Demi Narrando



Na hora intervalo eu tinha comprado meu lanche e estava a procura do pessoal quando avistei Joe sentado com Selena, eles estavam distraídos conversando e por algum motivo eu não quis interromper. Na verdade eu estava sem jeito de ir falar com o Joe depois de ontem, depois da minha declaração e de ele não poder dizer o mesmo... Eu sei que não devia pressionar e ter paciência com ele, afinal do mesmo jeito que era novo pra mim era novo pra ele também, e ele tinha aquele problema com relacionamentos... Mais agente é amigo há tanto tempo, ele já disse que me amava tantas vezes e agora... Agora as coisas estavam estranhas.

Ele não era o único com medo... Eu tinha medo de se não fizesse nada, ele deixasse o medo tomar conta e desistisse de nós, não seria muito difícil pra ele, Joe estava sempre fazendo isso, dando as costas e seguindo em frente... Só que eu não queria ser mais uma.

__Eu estava certa não estava?__ eu fechei os olhos com força quando ouvi aquela voz irritante__ da pra ver pela sua expressão e pela dele também... As coisas não estão muito boas.

__O que você quer em?__ eu a fuzilei com os olhos__ ele não disse que me amava, mais eu sei que ele gosta de mim.

__Sabe... Tem uma grande diferença entre amor e paixão Demi__ ela comentou__ a paixão uma hora acaba e se ela acabar antes de virar amor... Então... É uma pena. Vocês dois ficam lindos juntos, é sério... Só que você escolheu um cara com problemas pra amar.

__Eu posso esperar__ garanti a ela__ posso esperar até que ele esteja pronto pra dizer.

__Ou pode esperar ele fugir de você__ ela deu de ombros__ você já olhou pra ele hoje Demi? Está terrivelmente assustado, o que você acha que vai acontecer? Eu já cometi esse erro de dizer uma vez que o amava... Porque acha que ele saiu correndo e foi atrás de você? Ele ficou com medo de mim.

__Pare com isso__ eu pedi nervosa.

__Eu posso te ajudar querida__ ela prometeu__ ao invés de esperar, você pode fazer algo pra mantê-lo interessado.

__Porque você me ajudaria?__ perguntei desconfiada.

__Eu estou em outra agora, quero mostrar que mudei__ ela deu de ombros__ deixa eu te ajudar... Eu estive com Joe por muito tempo, eu sei o que o agrada, sei do que ele gosta e o que pode mantê-lo interessado... Você precisa de uma mudança.

__Eu não quero mudar.

__Mais talvez seja preciso, se você o ama e quer ficar com ele__ ela disse__ você não faria um pequeno sacrifício?

__O que você esta sugerindo Ashley?__ perguntei sem aguentar a enrolação dela.

__Me encontre hoje na hora da saída Demi__ ela pediu__ venha comigo... Uma tarde, e eu vou fazer o Joe grudar em você.

__Ele gosta de mim do jeito que eu sou__ afirmei com convicção.

__Mais aposto que tem umas coisinhas que ele gostaria de mudar... Só porque ele gosta de você assim, não quer dizer que ele não prefira você de um outro jeito... É simples querida. Se quiser minha ajuda, me procure na hora da saída, vou estar no estacionamento no meu carro, se não aparecer eu vou saber que não quer e vou embora, não te perturbo mais.

Então ela foi embora, dando um tchauzinho e sorrindo alegremente pra mim... Eu larguei minha bandeja em um canto qualquer e sai do refeitório sem estar com fome... Eu devia aceitar aquilo ou não? Eu tinha minhas duvidas, mais já imaginava o que aconteceria.

Joe Narrando



Na hora da saída encontrei Demi indo em direção ao estacionamento, eu corri até ela e a parei.

__Hey Demi, vamos pra casa?__ eu perguntei.

__Hum, na verdade__ ela disse um pouco nervosa__ a Selena e a Miley me convidaram pra ir na casa delas hoje.

__Outra tarde de garotas?__ eu supus.

__Pois é__ ela sorriu sem graça__ você se importa?

__Não, claro que não__ eu garanti__ você vai se divertir com elas, agente pode se ver outra hora.

__Tudo bem então, agente se vê mais tarde.

Ficamos ali parados olhando um pro outro... Eu sabia que ela estava fugindo de mim, mais talvez uma tarde com as meninas a ajudasse, tinha dado certo da ultima vez. Eu esperei que ela fosse embora, mais ao invés disso ela mordeu o lábio como se sentisse culpada com alguma coisa e então se pôs na ponta do pé pra me dar um selinho.

__Tchau Joe__ ela sussurrou de forma mais doce agora, talvez nem tudo estivesse perdido.

Agora sim ela estava pronta pra ir, mais eu não estava pra deixá-la partir, então segurei sua mão e a puxei pra mim, juntando nossos corpos e lhe dando um beijo de verdade. Ela pareceu surpresa no inicio, mais depois seu corpo amoleceu nos meus braços e ela correspondeu, sua língua brincando com a minha e me fazendo suspirar... Deus, como eu gostava daquela garota, eu não queria estragar tudo, eu não podia estragar tudo, não dessa vez.

Quando a soltei ela pareceu um pouco tonta, se segurando no braço enquanto recuperava os sentidos, eu fiquei olhando pro rosto dela... Tão linda com aqueles óculos enormes e esquisitos. Porque eu não conseguia dizer aquelas palavras? Porque era assim tão difícil? Eu queria muito poder dizer, mais ainda não estava pronto... Ainda não seria verdadeiro... Eu só tinha medo de nunca estar pronto pra dizer e ela cansar de esperar.

__Tchau Demi__ eu sorri pra ela.

Sem dizer mais nenhuma palavra Demi foi embora, sumindo no estacionamento. Eu me virei pra ir também, mais esbarrei em Lexi.

__Desculpa, eu te assustei?__ ela riu.

__Só estava distraído__ eu ri também.

__Então, desculpa te encher com isso de novo, mais eu estou ansiosa__ ela disse sorrindo__ quando você vai poder?

__Bom, a Demi vai sair hoje, então eu tenho à tarde livre__ comentei__ acho que hoje eu consigo sem falta.

__Ah jura?__ ela disse animada__ então eu te ligo... E se você conseguir eu passo na sua casa mais tarde?

__Claro__ concordei__ não se preocupa, eu te prometi e vou cumprir.

__Você é o máximo Joe__ ela se pôs na ponta do pé e me deu um beijo na bochecha__ até mais tarde.

__Tchau Lexi.

Ela saiu saltitando, toda contente e eu sorri... Era bom poder fazer ao menos alguém feliz. Espantei os pensamentos ruins da cabeça e fui até o meu carro, eu teria uma longa tarde, ao menos me ocuparia com alguma coisa e poderia tirar esse problema com a Demi da cabeça por algumas horas.



Demi Narrando



Encontrei a Ashley e as duas amigas dela, Chelsea e Taylor me esperando no estacionamento, elas sorriram ao me ver e aquilo foi totalmente estranho. Elas estavam amigáveis demais e é claro que eu estava desconfiada e não confiava nelas, mais eu queria saber o que Ashley estava tentando fazer e no fundo tinha esperança de ela realmente poder me ajudar... Se eu pudesse fazer algo pra que o Joe ficasse mais interessado então... Porque não? Talvez uma mudança fosse mesmo algo bom.

__Que bom que veio Demi__ Ashley sorriu satisfeita__ pode entrar... Nós vamos nos divertir muito hoje.

Eu entrei no carro, ainda com o pé atrás e elas entraram também... Levou uns vinte minutos pra chegarmos à casa de Ashley.

Eu fiquei de boca aberta quando entramos, porque tipo... A casa dela era enorme, uma mansão linda, devo confessar. Ela nos guiou até seu quarto, que era uma três vezes maior que o meu e todo decorado em rosa.

__Fica a vontade Demi__ Ashley disse sorrindo.

__O que... Vamos fazer aqui?__ eu perguntei um pouco nervosa

__Vamos transformar você Demi__ Ashley informou__ vamos fazer o Joe ficar babando quando te ver.

Eu não levei muita fé nessa afirmação, ainda mais porque as amigas dela deram uma risadinha muito estranha, como se Ashley tivesse contado uma piada ou algo assim... Bom, pra elas eu sempre fui uma piada.

__Podemos começar com uma coisa mais bonita e ousada pra você vestir__ Ashley disse me olhando__ eu tenho um vestido vermelho, que por acaso é a cor favorita do Joe, que vai ficar divino em você e tem uns sapatos também.

__Eu não sei se suas roupas vão ficar bem em mim__ comentei sem convicção.

__O Joe adora aquela vestido, em você vai adorar mais ainda... Vai por mim__ ela disse e piscou pras amigas dela.

Taylor e Chelsea pegaram o vestido que Ashley tinha falado__ que era realmente bonito__ e me fizeram vesti-lo, junto com um par de sandálias de salto, mais não me deixaram ver como ficou, elas me sentaram numa cadeira e me mandaram relaxar e fechar os olhos, como se fosse assim fácil.

__Vamos deixá-la linda Demi__ Ashley disse e Taylor deu uma risadinha__ só relaxe

Joe Narrando



Eu tinha acabado de voltar do shopping e estava dentro do meu carro, parado na porta de casa... Estava chovendo forte agora, mais antes de fazer qualquer coisa eu precisava saber como a Demi estava. Eu sei que devia dar um espaço a ela, então me peguei ligando pra Selena... Ela atendeu no terceiro toque.

__Oi Joe, o que foi?__ ela perguntou.

__Desculpa te perturbar, eu só queria saber como esta a Demi__ expliquei.

__Hã, eu não sei... Não falei com ela hoje__ Selena disse confusa.

__Como assim não falou com ela hoje?__ eu questionei sem entender.

__Não falando Joe__ ela resmungou__ agente ficou conversando na hora do intervalo lembra, e ela não estava lá... E não deu pra conversar na sala de aula, na hora da saída ela sumiu sem dar tchau.

__Mais ela me disse que você e Miley a tinham convidado pra passar à tarde ai__ eu disse me lembrando das palavras dela.

__A Miley ta aqui comigo, agente marcou de passar a tarde junta, mais não chamamos a Demi__ ela me garantiu.

__Mais... Se ela não esta ai, então onde ela foi?__ eu disse agora preocupado.

__Joe__ agora era Miley no telefone__ eu não achei que fosse nada demais, mais agora acho que você devia saber.

__Saber do que Mi?__ eu me remexi inquieto dentro do carro.

__Quando eu estava comprando meu lanche na hora do intervalo, eu vi a Demi conversando com a Ashley__ ela disse__ e essa não é a primeira vez, eu vi as duas juntas algumas vezes essa semana.

__A Demi e a Ashley?__ eu disse surpreso, ok... Por essa eu não esperava.

__Bom, achei que você devia saber... Boa sorte pra encontrá-la.

__Valeu.

Eu desliguei o telefone e enquanto olhava pela janela, a chuva correndo do lado de fora um pensamento inquietante me ocorreu. A Demi andava meio estranha comigo essa ultima semana e justamente quando tinha sido vista por ai com a Ashley. Lembrei também do outro dia, quando estava abraçado a Demi na praça e podia jurar que vi uma garota nos observando.

__Vadia__ resmunguei.

Eu sabia onde Demi estava, só não sabia o por que... Mais eu ia descobrir o que a Ashley estava tramando.

Capítulo 31

O tempo que eu quase nem percebi, passei a maior parte do tempo sentada em uma cadeira enquanto as meninas mexiam no meu cabelo e me maquiavam, conversando o tempo todo, eu até tentei as fazer parar uma certa hora, mais não deu em nada, Ashley disse que eu teria que aguentar até o fim, então fiquei quieta.

__Pronto__ Ashley disse__ finalmente acabamos... Você esta bem melhor que antes Demi.

__Posso ver?__ perguntei curiosa.

__Claro__ ela concordou se afastando e as meninas deram uma risadinha.

Eu me levantei da cadeira, foi um pouco complicado ficar de pé direito por causa do salto enorme... Eu discuti com elas por conta disso, mais não me deram ouvidos e me obrigaram a calçá-lo. Eu me virei pro espelho enorme que tinha na parede e tomei um susto, quando as meninas viram a minha cara começaram a rir. Elas tinham prendido meu cabelo de um jeito estranho, com um monte de presilhas e tinham feito uma maquiagem forte e mal feita no meu rosto... A pior parte foi o “LOSER” escrito com batom vermelho na minha testa... Senti meus olhos arderem.

__Você esta bem mais bonita agora Demi__ Ashley disse rindo.

__Porque você fez isso?__ eu perguntei começando a chorar.

__Porque você é patética, você nunca vai ser bonita e o Joe nunca vai amar você querida... Você esta se enganando... Você é e sempre será ridícula, uma esquisita, será que não consegue enxergar isso? Ele esta brincando com você e eu vou rir muito quando ele finalmente te dispensar... Sua esquisita.

__Esquisita... Esquisita... Esquisita__ elas começaram a cantarolar enquanto riam.

Eu não aguentei, peguei minhas coisas em cima da cama e sai correndo dali enquanto chorava, tropeçando nas minhas próprias pernas. Eu arranquei a porcaria do sapato que elas me obrigaram a calçar e sai porta a fora não me importando com a chuva forte que caia... Eu era mesmo muito burra, tinha esse problema, eu confiava demais nas pessoas, sempre tentando ver o lado bom delas, agora eu sabia que era uma tremenda idiotice e Ashley tinha razão... Eu era uma esquisita, sempre seria... E o Joe nunca me amaria.

Eu não sabia o caminho de casa, só sabia que tinha que ir embora dali o mais rápido possível e mesmo sem enxergar nada por culpa da chuva forte e das lágrimas eu continuei correndo, tropeçando no caminho... Eu me sentia tão pequena, tão humilhada, tão insignificante... Em um momento de loucura eu desejei poder morrer. Até cheguei a achar que esse desejo se realizaria quando ouvi o som de um carro derrapando e uma luz forte vindo em minha direção... Foi por pouco, ele parou centímetros antes de me acertar e eu xinguei mentalmente, ainda mais quando vi de quem era o carro.

__Demi__ a porta se abriu e ele correu em minha direção__ o que houve com você?__ me encarou espantado.

__FICA LONGE DE MIM__ eu gritei descontrolada, caminhando pra longe dele.

__Demi espera__ ele pediu vindo atrás de mim.

Eu comecei a correr de novo, pra longe dele, meu coração doía e eu não queria olhar pra ele agora, nem pra ninguém, eu só queria sumir, ou então voltar no tempo e poder mudar toda essa droga. Eu queria que as coisas fossem diferentes... Mais eu, sendo desastrada como era tive que tropeçar no chão perfeitamente liso e cair, foi o que bastou pra ele me alcançar... Eu me debati tentando soltar e me levantar, mais ele me imprensou no chão, sentando em cima de mim e segurando minhas mãos.

__ME LARGA__ eu gritava em meio às lágrimas, não conseguia ver seu rosto por culpa da chuva.

__Demi para__ ele pedia__ por favor, para com isso, se acalma.

Levei um longo minuto pra recuperar o controle e parar de me mexer, mais não consegui parar com as lágrimas... Eu sabia que podia ser estupidez da minha parte, que eu estava dando ouvidos a uma garota que só sabia humilhar as pessoas e não gostava de ninguém, mais tudo que ela falara até agora fazia sentido... Inclusive a parte que dizia que eu era esquisita.

__Ta tudo bem__ Joe saiu de cima de mim e então me puxou pra si, me abraçando__ calma anjo, eu vou te levar pra casa.

Ele me pegou no colo, e mesmo querendo ficar longe dele o abracei com força, chorando desesperadamente em seus braços, sentindo a água fria da chuva nos molhar... Me lembrei de quando éramos apenas melhores amigos, de como tudo era mais fácil... Fácil como respirar e tínhamos conseguido estragar tudo.

Joe Narrando



Eu coloquei Demi no banco do carro e a cobri com minha jaqueta enquanto ela tremia de frio e chorava, soluçando e tremendo. Eu tentei perguntar o que tinha acontecido, mais ela não respondeu, ela nem olhou pra mim, mais estava bem claro que a culpa daquilo era de Ashley... E ela ia me pagar por aquilo.

Quando chegamos em casa eu pus Demi delicadamente em minha cama, me abaixando a sua frente.

__O que fizeram com você anjo?__ eu sussurrei acariciando seu rosto, meus dedos tentando apagar a tinta em sua testa.

Ela continuou sem olhar pra mim, parecendo estar em outro planeta... Agora ela parecia mais calma, mais as lágrimas ainda desciam silenciosas. Eu corri rapidamente até seu quarto, pegando algumas roupas e voltei, a achando ainda sentada, sem mover um músculo. Eu a levei até o banheiro, a ajudei com calma a tomar um banho e se livrar da maquiagem e da roupa molhada.

Quando terminei a levei de novo até a cama e ela continuou em silencio, me ignorando totalmente.

__Anjo fala comigo__ eu pedi__ porque foi até a casa da Ashley? Porque mentiu pra mim?

Silencio, ela nem olhou pra mim e eu desisti... Por enquanto.

__Tudo bem, não precisa falar nada agora, agente conversa quando você se sentir melhor__ eu disse.

Ela se agarrou a um travesseiro e eu resolvi que talvez fosse melhor deixá-la sozinha um pouco, assim eu dei um beijo em seus cabelos e sai do quarto, a deixando sozinha.

Demi Narrando



Fiquei sentada naquela cama um bom tempo sozinha, Joe saiu pra me dar espaço e agradeci por isso, assim eu poderia me recompor, por meus pensamentos em ordem. Percebi que depois de um tempo parara de chover e o tempo estava bem melhor. Eu me levantei da cama e caminhei até a janela... Foi quando vi Joe lá em baixo e ele não estava sozinho... Lexi estava com ele... Meu sangue ferveu.

Ela sorriu toda alegre quando Joe ergueu a mão e lhe entregou um embrulho, um presente e bem grande por sinal... Com os olhos brilhando ela se jogou no colo dele e o abraçou apertado, Joe retribuiu rindo da atitude dela... Eu não parei pa assistir mais. Dei as costas zangada e caminhei até a sacada... A ideia de pular dali me dava enjôo mais eu não ia ficar naquele quarto e não queria que Joe me visse, então engoli minha covardia, me segurei com força e pulei, meio que tropeçando ao chegar do outro lado mais ainda sim inteira.

Quando eu entrei no meu quarto e parei em frente ao espelho eu tive vontade de gritar, estava tudo errado, não era pra ter sido daquele jeito... Eu era tão ridícula que não conseguia fazer o Joe se contentar com a minha companhia e agora ele estava lá em baixo dando presentes pra outra, na porta de casa, comigo chorando em sua cama... Eu queria estar no meio de um pesadelo... Queria acordar e perceber que estava tudo bem, mais eu sabia que isso não ia acontecer.

O reflexo no espelho parecia rir de mim enquanto sussurrava... “Ridícula”, “feia”, “esquisita”. As lágrimas desceram por meus olhos já vermelhos de tanto chorar e não gostando da imagem refletida ali eu dei um soco com força no espelho, o fazendo quebrar em algumas partes e consequentemente cortar a minha mão... Olhei o sangue que escorria por entre meus dedos, a ardência no corte e sorri dando boas vindas à dor... Talvez uma dor conseguisse encobrir a outra.

Caminhei até o banheiro e abri a torneira, deixando que a água corresse e enchesse a banheira... Que diferença faria se eu morresse? Acho que seria um favor a todos, ninguém sentiria minha falta, eu não perturbaria mais ninguém com minha esquisitice, era a única coisa que me passava pela cabeça. Quando terminou de encher, eu tranquei a porta do banheiro, do jeito que estava... Sangrando e chorando eu entrei na banheira, deixando que a água me molhasse, vendo um pouco cair e molhar o chão do banheiro... Cobrindo aos poucos meu corpo, lavando as minhas dores... Sim, se eu fizesse aquilo à dor ia passar.

Eu respirei fundo uma ultima vez, segurando com força o colar no meu pescoço que Joe me dera uma vez, que representava nossa amizade... BFF__ Best Friends Forever__ dizia... Sorri pras paredes e deitei, afundando completamente na água gelada, a ultima imagem em minha mente? Seu lindo sorriso e sua doce voz me chamando de anjo.

Joe Narrando



Depois que me despedi de Lexi subi as escadas correndo querendo saber como a Demi estava... Não sabia por que mais senti um aperto estranho no coração, uma angústia. Tomei um susto quando entrei no quarto e vi que Demi não estava lá.

__Demi?__ eu chamei seu nome enquanto ia até o banheiro, mais ela não estava lá.

Olhei em direção a sacada, vi a porta aberta e corri pra lá, pulando da minha pra dela e entrando no quarto às pressas... A primeira coisa que vi foi o espelho quebrado, os cacos no chão misturados com um pouco de sangue... Parei de respirar, meu coração parou de bater e foi como se o sangue fugisse de meu corpo.

__Demi?__ eu chamei de novo, minha voz alterada pelo desespero.

Foi quando olhei na direção do banheiro e vi a água escorrendo por debaixo da porta... Não pensei em nada, só corri até lá e tentei abri-la, mais estava trancada por dentro.

__DEMI__ eu gritei desesperado__ DEMI ABRE A PORTA... DEMI... DEMI.



Nada de ela me responder... Eu já não sentia mais meu coração dentro do peito de tão rápido que ele batia, eu estava quase sufocando... O que ela estava fazendo? O meu anjo não... Não ela, era só no que eu pensava... Eu não podia perdê-la. Dei alguns passos pra trás e então corri em direção a porta, a arrombando... Ela se abriu com um som absurdamente alto ao bater na parede e por pouco não caiu... E eu entrei no banheiro tropeçando e avistei Demi dentro da banheira.

__DEMI__ gritei de novo, me abaixando ao seu lado e agarrando, a puxando pra fora da água.

Ela lutou comigo, tentando se afastar, tentando continuar lá em baixo, mais eu era mais forte que ela e consegui puxá-la pra fora da banheira, caindo no chão com ela por cima de mim, tossindo desesperadamente em busca de ar, a água fria nos molhando.

__Oh Deus__ eu sussurrei, ainda não conseguia respirar... Era como se eu estivesse me afogando e não ela__ diabos Demi... O que você estava fazendo, enlouqueceu?

__Porque você não me deixou morrer?__ ela perguntou com dificuldade, ainda tossindo muito.

__Sua maluca__ eu resmunguei irritado__ você podia ter morrido... Quase me mata de susto... Nunca mais faça isso... Deus do céu.

Demorou um tempo até que nos recompuséssemos... Eu arrastei Demi pra fora do banheiro e fechei a torneira pra que a água parasse de cair, quando me olhei no espelho do banheiro parecia que eu estava vendo um fantasma... Não me lembro de ter me sentido tão mal na vida.

Quando resolvi voltar ao quarto pra encará-la e pronto pra lhe dar o maior sermão de sua vida, não consegui dizer nada quando a achei sentada na beirada da cama olhando pro restara do espelho que ela quebrou... E eu não soube dizer o que era aquilo em sua expressão... Só sabia que não gostaria do que quer que fosse.

__O que foi que eu fiz?__ ela sussurrou parecendo incrédula consigo mesma.

__Você quase se matou__ eu disse cheio de rancor__ porque fez isso Demi? O que foi que te deu?

__Você__ ela murmurou baixinho__ você me fez fazer isso.

__O que?__ eu a encarei confuso__ do que esta falando? Como assim Demi?

__Eu achei que podia dar certo... Mais eu estava enganada__ ela disse__ nós somos diferentes demais Joe... Olhe pra você, olhe pra mim... É uma tremenda burrice, nós estragamos tudo.

__Demi, do que você esta falando? Esta me assustando.

__Eu cansei__ ela disse__ cansei de ficar tentando ser alguém que eu não sou, eu estou cansada.

__Eu nunca pedi que você mudasse Demi.

__Mais me fez sentir que precisava__ ela argumentou__ você não é a pessoa certa pra mim e eu não sou a certa pra você, somos diferentes demais.

__Demi... O que esta querendo dizer?

__Que acabou Joe__ ela sussurrou chorando__ olhe pra mim... Olhe o que eu fiz... Isso esta tão errado.

__Demi, por favor...

__Eu nasci pra ser uma nerd, inteligente que sabe de tudo, casar e ter filhos... Enquanto você é o popular, que sai com todas que aparecerem... E isso nunca vai mudar. Você vai ser sempre assim...

__Escuta, se esta com raiva por causa da Lexi... Aquilo não tem nada haver... Ela só me pediu um favor, ela viu a minha jaqueta e perguntou onde eu achei, ela queria uma pro namorado dela e eu a ajudei a comprar, foi só isso Demi.

__Não é disso que se trata Joe__ ela protestou__ não me incomoda que fale com outras garotas, o problema não é esse.

__Então qual o problema?__ eu não conseguia entender.

__Você é o problema__ ela disse__ esse seu medo de compromisso, sua aversão ao amor... Eu já vi você com tantas garotas, já vi você as descartar quando estava cansado. Isso nunca vai mudar... Você não consegue Joe... Você não consegue ficar com uma só.

__Eu não te trai Demi, eu estou com você... Eu gosto de você...

__Gostar não é o bastante__ ela me interrompeu__ a paixão acaba... Eu não posso esperar que um dia você sinta o mesmo que eu.

__Eu te amo__ eu disse apressado, esperando que ela mudasse de ideia de alguma forma__ não faz isso Demi.

__Não adianta dizer da boca pra fora Joe... Eu sei que me ama, mais como uma amiga... Não posso ficar com você, não posso ficar esperando, não posso sentir essa insegurança... Não posso viver com o medo de perder a cada dia, a cada sorriso que você da pra outra, a cada cantada que recebe... Eu não aguento mais... Eu não aguento que me olhem torto porque eu estou com você, não aguento mais essa vida... Eu não quero mais isso.

__Demi, não... Eu posso mudar... Só tenha mais paciência comigo... Eu sei que sou um cara difícil, mais eu nunca...

__Não Joe__ ela negou__ eu não quero mais... Vai embora.

__Demi...

__Por favor__ ela implorou aos prantos__ só vai embora, pelo amor de Deus... Se você gosta mesmo de mim vai embora, me deixa em paz... Você sabe que eu te amo, mais eu preciso de alguém que sinta o mesmo por mim, não posso viver de migalhas, eu vou enlouquecer... Vai embora... Por favor, vai embora.

Eu queria discutir com ela, queria gritar e dizer que ela estava errada, que agente podia fazer isso... Mais eu pude ver nos olhos dela, ela queria que eu fosse embora, ela não me queria mais ao lado dela. E ela tinha razão... Aquele eu te amo fora da boca pra fora, mesmo agora, correndo o risco de perdê-la eu não conseguia dizer, não parecia certo... Amor... Maldito seja.

Ela não olhou mais pra mim, abaixou a cabeça e esperou que eu fosse e naquele minuto eu senti que tinha acabado... Era o que eu temia, ela não ia esperar por mim... Estava acabado, eu tinha mesmo estragado tudo e aquela era a primeira vez na vida que eu tinha estado realmente feliz. E Deus, aquilo doeu... A ideia de perdê-la foi como uma facada co coração e eu quase não consegui me manter de pé... Eu ainda não sentia meu coração bater, ele estava dormente... E eu tive medo que ele nunca mais voltasse a bater.

Era isso... O porquê de eu não me envolver, de nunca amar, de nunca estar com uma só... Porque acabava mal e no fim eu estaria assim... Completamente destruído, sem chão... Como se o mundo tivesse acabado.

__Vai embora__ ela sussurrou de novo__ pelo amor de Deus vai embora.

Eu quis dizer alguma coisa, qualquer coisa que a fizesse mudar de ideia... Mais seria inútil... Eu só lhe dei as costas e sai do quarto cambaleando, não me arrisquei a pular a sacada, eu tinha medo que se tentasse caísse lá em baixo, porque eu não tinha forças pra nada, eu nem enxergava as coisas direito... Como se tudo tivesse ficado cinza.

O trajeto de menos de dois minutos do quarto dela até o meu pareceu levar uma eternidade e quando cheguei lá me deixei cair no chão e chorei... Chorei como nunca antes, sentindo o que era ter um coração partido e amaldiçoando o dia que me deixei apaixonar por ela. Porque Demi no fundo estava certa... Eu não servia pra essa droga de amor... Isso não era pra mim.

Capítulo 32

Quando o dia amanheceu e eu me olhei no espelho quase não me reconheci, o cara descabelado, de olhos vermelhos e fundos com uma expressão de tristeza sem fim não podia ser eu. Não me lembro de ter chorado tanto assim em minha vida, parecia uma criança. Eu tentei conversar com Demi, tentei fazê-la mudar de ideia, mais ela não quis me ouvir, na verdade ela nem quis me ver, ela simplesmente me ignorou e foi só ai que eu percebi que não tinha mais volta, ela realmente desistira de nós... E foi ai que me acabei de chorar, não imaginando que pudesse doer tanto assim.

Porém agora era um novo dia, eu tinha que ir a escola, eu tinha que parecer bem. Fiz um esforço e tomei um banho, pus o uniforme e arrumei minhas coisas, quando saía de casa encontrei Demi, também arrumada pra escola e levando Mad consigo.

__Joe__ Mad sorriu ao me ver, soltou a mão de Demi e veio correndo em minha direção, se jogando em meus braços.

__Bom da baixinha__ eu sorri pra ela__ precisam de carona para escola?__ um gesto simpático, talvez isso ajudasse.

__Nós vamos andando__ Demi se apressou em dizer.

__Eu posso levá-las, vai ser mais rápido__ insisti.

__Vamos Demi, vamos__ Mad disse animada, saltitando em meu colo... Como eu queria que Demi estivesse empolgada desse jeito.

__Você pode levá-la__ Demi desconversou claramente desconfortável com a situação__ eu vou andando.

__Vai ser assim agora?__ eu perguntei a fitando__ vai ficar fugindo de mim, me ignorando?

Ela fechou os olhos com força, respirando fundo, Mad ficou quieta em meu colo observando nós dois. Aquilo estava me matando, ela estava tão perto e eu não podia tocá-la... Não era pra ser assim.

__Tudo bem__ ela disse por fim, mais eu sabia que ela só estava aceitando por causa da Mad__ aceitamos a carona.

O caminho até a escola só não foi mais desconfortável por causa de Mad que falava o tempo todo e mesmo sem querer nos fazia rir. Porém, quando ela saiu do carro e tivemos que continuar sozinhos o clima estranho voltou. Nós não dizemos uma única palavra embora eu tivesse mil coisas pra dizer, a frieza dela simplesmente me calou. A única coisa que ouvi dela foi um “obrigada pela carona”, antes de sair do carro e seguir seu caminho.

A primeira pessoa que avistei na escola foi Selena, ela não perdeu tempo perguntando se eu estava bem, ela sabia que não estava, então foi direto ao assunto.

__O que aconteceu?__ ela perguntou.

__Eu e a Demi terminamos__ respondi sem rodeios.

__Mais por quê?__ ela pareceu chocada com a informação.

__Você sabe porque__ eu respondo simplesmente.

__Foi pelo lance que você me contou né?

__Não foi só isso__ eu resmunguei desconfortável com o assunto__ eu não sei explicar, ela simplesmente não quer mais saber de mim Selena.

__Você sabe que ela te ama Joe__ ela disse e aquela afirmação verdadeira só tornava tudo pior.

__Eu sei__ suspirei__ o problema é que aparentemente eu não consigo amá-la o bastante, eu não consigo mostrar pra ela, eu simplesmente não consigo fazer isso Selena.

__Joe...

__Tudo bem__ eu a interrompi__ o que magoa mais não é ter ficado sem a namorada Selena, mais saber que perdi minha melhor amiga... Nunca mais será como antes.

Nunca mais... Aquele pensamento me causou um embrulho no estomago e novamente eu me senti sufocar... Nunca mais.

Demi Narrando



Estava sendo um pouco mais difícil do que eu esperava, mais eu tinha que me manter forte, eu tinha que fingir que não ligava, que não me importava, porque aquilo nunca daria certo, porque éramos diferentes demais... Porque eu o amava mais do que ele me amava e seria sempre assim.

__Você esta bem?__ Selena perguntou, aparecendo de repente.

__Você já sabe o que houve?__ fugi de sua pergunta.

__Ele me contou que terminaram e eu sei que não é da minha conta Demi, mais acho que cometeu um grande erro__ ela comentou.

__Foi melhor assim Selena__ eu garanti a ela.

__Ele é louco por você Demi, se é porque ele não disse que te ama... Cada um tem um tempo pra isso.

__Não se trata só disso Selena, eu podia esperar ele estar pronto pra dizer mais algo dentro de mim sente que isso não vai acontecer... Ele nem conseguiu admitir que eu era namorada dele.

__É difícil pra ele Demi.

__Pra mim também. Sabe Selena, mesmo que seu namorado não diga que te ama, quando você olha pra ele, você consegue sentir que ele te ama certo?

__Sim__ ela concordou.

__Eu não consigo sentir isso nele__ expliquei__ sei que ele gosta de mim, mais não é o bastante, só acho que ele pode ter confundido amizade com outra coisa. Eu sei que o amo, mais também sei que ele não se sente da mesma forma... Estamos em lugares diferentes.

__Ainda acho que esta cometendo um erro__ ela comentou.

__Sabe Selena, quando éramos apenas amigos eu não me importava com a minha aparência, pois eu sabia que independente de como eu processe ele seria sempre meu amigo, mais agora...

__Ele nunca te pediu pra mudar__ ela lembrou.

__Não, mais a cada vez que eu o via conversando com outra garota e sorrindo pra elas eu não me sentia boa o bastante, eu me sentia um nada, e se a pessoa que esta comigo me faz sentir dessa forma é porque algo não esta certo não acha? Não quero mais me sentir assim Selena.

__Mais vocês dois estão sofrendo__ ela disse angustiada.

__Eu vou sobreviver... Um dia de cada vez__ senti meus olhos arderem__ ele não vai demorar a esquecer. Ele é forte e corajoso e esta melhor sem mim pra atrasar sua vida.

Sim, eu ia sofrer sem ele, mais Joe ficaria bem sem mim, eu sabia que se sim. Em breve eu seria apenas mais uma que passou em sua vida, era assim que tinha que ser.

Joe Narrando



A manhã pareceu se arrastar incrivelmente devagar e quando eu finalmente cheguei em casa tudo parecia estar for do lugar. Eu tentei seguir com meu dia, tentei compor ou fazer qualquer outra coisa que me distraísse mais eu simplesmente não conseguia me concentrar... Cada coisa que eu fazia me lembrava dela e isso era enlouquecedor.

Eu caminhei até a janela, querendo olhar a rua e pegar um ar, mais meus olhos logo se focaram na menina do outro lado da rua, era Demi, ela estava lá brincando com Mad, junto com Aden e Nicole, os quatro rindo e se divertindo, era como se não importasse pra ela o que acontecera entre nós. O sangue me subiu a cabeça e uma raiva sem tamanho tomou conta de mim. Eu estava sofrendo feito um otário e ela estava bem sem mim. Eu voltei pra dentro do quarto e avistei o porta retrato com nossa foto, eu o segurei por um instante antes de jogá-lo contra a parede com toda minha força.

__Amor... Que besteira__ eu resmunguei__ mas você esta certa Demi, eu não amo você e nunca vou amar, nem você e nem ninguém... Joe Jonas não ama ninguém.

Também vi por ali a pasta que ela me dera pra guardar minhas composições, eu a joguei pro alto com raiva, as folhas se espalhando por todo o quarto.

__Acabou__ eu disse pra mim mesmo__ o velho Joe Jonas esta de volta agora.

CONTINUA...
Meninas desculpe demorar pra postar , mas eu fui na casa da minha irmã e so cheguei agora .. entao pra nao matar mais vocês postei os ultimos 3 capítulos que faltavam para acabar com a maratona .. agora so restam 3 capítulos e a história acaba=/
Bom pro proximo eu quero 50 comentários sera que vocês conseguem chegar ao 50?

64 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH !!!!! NÃO MEU AAAAAH QUE COISA :/ POSTA MAIS

    ResponderExcluir
  2. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  3. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  4. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  5. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  6. posta mais amor !! noooooossa to muit ansiosa aqui :/

    ResponderExcluir
  7. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGOPOSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  8. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA POSTA PELO AMOR DE DEUS

    ResponderExcluir
  9. Meu Deus.. Eu to quase chorando aqui! Posta logo, por favor!

    ResponderExcluir
  10. PELO AMOR DE DEUS! POSTA, eu vou morrer aqui.. Já to com lágrimas nos meus olhos

    ResponderExcluir
  11. POOOOOOOOOOOSSSSSSSSSSSSSSSSSTTTTTTTTTTTTTTTTTA

    ResponderExcluir
  12. AAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHH....
    OMG....
    Esse com toda certeza foi o melhor capitulo que eu ja li....
    Perfeito...
    Tadinho dos dois....Eles se amam...
    Posta Logo....
    To mega curiosa..
    Beijoe...

    ResponderExcluir
  13. Posta posta posta posta

    ResponderExcluir
  14. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  15. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  16. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  17. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  18. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  19. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  20. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  21. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  22. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  23. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  24. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  25. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  26. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  27. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  28. POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO POSTA LOGO

    ResponderExcluir
  29. tadinhos...
    posta logo please tenta acabar antess do natal

    ResponderExcluir
  30. OMG QUE CAP LINDO, CHOREI. Mas tipo porque a Dem não muda o visual? tipo sei lá agora Joe se revoltou ele tem que ver o que perdeu.

    ResponderExcluir
  31. POSTAAAAAAAAAAAAAA TA MUITO DAHORAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    ELES TEM Q VOLTAR.FIQUEI TRISTE AGORA PQ ELES TERMINARAM

    ResponderExcluir
  32. Fiquei mto triste! Pq eles terminaram? O Joe ñ pode voltar a ser como era... POSTA PELO AMOR DE DEUS!

    ResponderExcluir
  33. POSTAAAAAAA chorei aqui!

    ResponderExcluir
  34. ñ ñ ñ ñ eles ñ podem ter terminadoooo :( POSTA LOGOOOOOO

    ResponderExcluir
  35. POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  36. Por favoooor POSTAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  37. To morrendo aqui! Já chorei e tudo! POSTA PELO AMOR DE DEUS

    ResponderExcluir
  38. POSTA POSTA POSTA Eles vão voltar né? Pelo amor de Deus....

    ResponderExcluir
  39. Nossa, esse cap ta lindo! Chorei aqui! POSTA LOGO, please!

    ResponderExcluir
  40. Ta perfeito! Q triste esse cap :/ POSTA LOGO!

    ResponderExcluir
  41. Ta LINDO LINDO LINDO LINDO E MUITO triste :( POSTAAA

    ResponderExcluir
  42. Eu vou chorar mais aqui! POSTA por favor! Eles tem q voltar...

    ResponderExcluir
  43. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAa ñ!!!!! :( Eles ñ podiam ter terminado :( POSTA POSTA POSTA

    ResponderExcluir
  44. BrunaJemi_LovatoJonas23 de dezembro de 2011 10:43

    POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA eu to com lágrimas nos olhos!

    ResponderExcluir
  45. POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  46. POSTA POSTA POSTA POSTA! Só mais TRÊS capítulos ???? AAAAAAAAAAAA :/

    ResponderExcluir
  47. AAAAAAAAAAAA POSTA LOGO POR FAVOr!!!!!!!!!!!!!! EU QUASE NAO CONSEGUIA DORMIR A NOITE SÒ FICAVA PENSANDO EM COMO IRIA TERMINAR A FIc!!!!!! POSTa!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  48. lindo muito meu perfeito nãooooooooo o Joe voltou a ser cafagesti morri

    ResponderExcluir
  49. PERFEITO <3'

    Já li essa história na comunidade da Cacau, mais tô relendo aqui *-*

    POSTA LOGO, beijos.

    ResponderExcluir
  50. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH QUE TRISTE, NÃO QUERIA Q ACABASSE..
    POOOSTA LOOGO!!
    BEIIJOS

    ResponderExcluir
  51. POSTA LOGO PELO AMOR DE DEUS! Eu chorei aqui ontem, to quase tento um treco! Essa história é perfeita! Ñ pode acabar :( Qual é a comunidade da Cacau?

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*