Capítulo 17

Eu agora estava sentado na minha cama segurando meu violão, a pasta que Demi me dera de aniversário estava ao meu lado e tinhas folhas e partituras espalhadas por todo lado. Eu estava tentando terminar de compor minha música, achei que não conseguiria fazer nada, mais era engraçado como as coisas pareciam fluir naturalmente agora.




Find me here,

And speak to me

I want to feel you

I need to hear you

You are the light

That's leading me to the place

Where I find peace.. Again





Eu sorri sozinho enquanto anotava as palavras no papel... Eu não conseguia parar de sorrir e isso era particularmente irritante. Na verdade passei a tarde toda me segurando pra não ir ver Demi, contendo a vontade de estar com ela o tempo todo. Mais a cada cinco minutos meus olhos vagavam até a casa ao lado e eu me perguntava o que ela estaria fazendo... A curiosidade soou mais alto. Soltei o violão, indo até a sacada, percebi que já tinha escurecido, encontrei Demi parada na frente do espelho prendendo o cabelo.

__Hey Demi__ eu chamei e quando ela olhou pra mim primeiro pareceu assustada, depois sorriu... Ela ainda estava com medo de mim. Era por isso que eu tinha que ir com calma__ o que esta fazendo?

__Me arrumando, eu e meus pais vamos levar a Mad ao parque de diversões hoje, aproveitar que eles estão em casa__ ela explicou.

__Legal, será que eu posso ir junto?__ me ofereci, era uma oportunidade.

__Hum, claro__ ela deu de ombros__ a Mad vai adorar se você for.

__Tudo bem, eu vou me arrumar, não demoro__ eu disse e corri de novo pra dentro do quarto.

Eu me arrumei correndo e desci as escadas apressado... Ia começar a minha operação conquistar a Demi.

Abri a porta de casa animado, mais quando cheguei lá fora meu sorriso sumiu, parecia que eu não tinha sido o único a me oferecer como companhia. Aden também estava lá, conversando com a Demi.

__Aden, o que você faz aqui?__ eu perguntei tentando manter a calma.

__Eu vou ao parque e você Jonas?__ ele disse sorridente, eu odiava aquele sorriso dele.

__Eu também vou, que coincidência infeliz não é mesmo?

__Vocês não vão começar com isso de novo né?__ Demi perguntou nos olhando já irritada.

__O que? Claro que não__ eu me aproximei e passei a mão pelo ombro de Aden__ eu adoro esse cara.

__É, agente se adora__ ele concordou com um falso sorriso.

A noite ia ser longa.

Demi Narrando



O caminho até o parque tinha sido estranho. Joe e Aden no mesmo carro, cada um de um lado, o clima não tinha sido dos melhores, eu gostaria de fazer alguma coisa pra que eles se dessem bem. Aden se manteve conversando comigo todo o tempo, me fazendo rir e Joe ficou calado, olhando pela janela, completamente desconfortável, eu sabia qual era o problema, ele estava com ciúmes... Aquele pensamento me fez querer sorrir. Eu estiquei a mão, discretamente entrelaçando meus dedos nos dele, sem que ninguém percebesse, ele virou o rosto e sorriu pra mim, ficando mais a vontade.

Quando chegamos lá, me concentrei em cuidar da Mad, meus pais quiseram aproveitar o tempo livre pra curtir um pouco a companhia um do outro e mais uma vez o papel de mãe ficou pra mim. Eu a levava nos brinquedos e Joe e Aden me seguiam, sempre em silencio, sem trocar palavras um com o outro, apenas comigo.

__Você quer ir no carrinho bate-bate Mad?__ Aden perguntou sorrindo pra ela.

__Não, eu não gosto de você__ ela resmungou e mostrou a língua pra ele, o Joe é claro começou a rir.

__Mad, o que é isso__ eu a repreendi__ ele esta tentando ser simpático.

__Muito bem Mad__ Joe aprovou fazendo um toque com ela__ só por isso vai ganhar um algodão doce... Sobe ai.

Ele se virou e Mad subiu nas costas dele toda contente... Era oficial, ela o adorava. Então Joe saiu carregando ela.

__Desculpe pela falta de educação daqueles dois Aden__ eu disse envergonhada.

__Ta tudo bem__ ele disse rindo__ eu adoro ver o Joe com ciúme, é uma graça.

__Você esta fazendo isso de propósito?__ eu o olhei sem acreditar naquilo.

__Mais é claro__ ele confirmou__ você gosta dele Demi, e ele precisa de uma ajuda pra perceber que gosta de você também. Eu sou um bom cupido fala sério__ ele fez pose.

__Perai, me deixa ver se entendi__ eu pedi confusa__ você não gosta de mim?

__Eca, é claro que não__ ele fez careta como se fosse um absurdo__ você é incrível Demi, mais é minha prima... É como minha irmã, eu só estava provocando o Joe... Ele é muito engraçado com ciúme, fala sério.

__Não acredito nisso.

Então quer dizer que esse tempo todo Aden estava apenas tentando irritar o Joe... E vejam só, toda aquela palhaçada funcionou, graças à brincadeira do Aden, Joe tinha se declarado, dito que gostava de mim... Eu tive vontade de rir, só sei que abracei Aden com força, ele era o melhor primo do mundo.

__Obrigada Aden__ eu disse contente__ você é o máximo.

__Eu sei disso__ ele disse com ar convencido.

Nós dois rimos e ficamos ali conversando, esperando que Joe voltasse com Mad, mais ele não voltou. Eu olhei em volta, encontrei meus pais conversando e Mad estava com eles, então... Onde estava Joe?

__Aden eu já volto__ disse e sai pra procurar por Joe.

Depois de andar um pouco o encontrei sentado sozinho num canto isolado do parque, olhando pro chão. Eu me sentei ao lado dele.

__Joe, o que você esta fazendo aqui sozinho?__ eu perguntei.

__Só passando o tempo__ ele deu de ombros__ você estava conversando com o Aden, eu não quis atrapalhar.

__Você não atrapalha Joe__ fiquei olhando pra ele, e Deus, ele estava tão lindo, com um carinha de cachorro sem dono, tristonho, assim era difícil de resistir__ você estava com ciúmes?

__Não__ ele respondeu rápido demais__ um pouco talvez, não importa.

__Você não tem motivos pra isso__ eu garanti a ele.

__Desculpe Demi, eu não sou bom com essas coisas e... __ ele se interrompeu fazendo uma careta engraçada.

__Também não é muito bom com as palavras__ eu disse rindo.

__Não__ ele confessou__ mais eu sou bom em outra coisa.

Eu ia perguntar o que era, mais as palavras sumiram quando começou a chegar mais perto de mim, olhando nos meus olhos... Meu coração disparou antecipadamente, esperando pelo toque dos lábios dele. Fechei os olhos automaticamente, eu podia sentir a respiração dele no meu rosto. Foi ai que...

__Demi, Joe__ Mad apareceu do nada gritando nosso nome nos afastamos assustados.

__Mad, o que foi pequena?__ Joe perguntou segurando ela que se jogou no seu colo.

__Eu quero ir no bate-bate__ ela disse fazendo bico__ me leva Joe?

__Porque não pede pra outra pessoa Mad?__ ótimo, eu tinha uma irmã inconveniente.

__Porque eu quero ir com o Joe__ ela fechou a cara e cruzou os braços.

__Parece que tem outra menina aqui apaixonada por você Joe__ eu comentei rindo__ esta arrasando corações.

__Fazer o que se sou irresistível?__ ele brincou__ vamos Mad, eu te levo.

Ele se levantou com ela no colo e eu fui atrás, completamente frustrada.

O resto da noite ficamos ocupados entretendo a Mad, o Aden não perdeu nenhuma oportunidade de provocar o Joe, e agora que eu sabia que era brincadeira tive vontade de rir. Mais a noite tinha sido agradável, e eu estava feliz.

No dia seguinte tínhamos aula, infelizmente... Eu fui pro meu armário, pegar os livros que usaria na próxima aula, quando olhei pro lado vi Joe escorado no armário dele, conversando com duas garotas. Eu virei à cara, sem querer ficar olhando, se não eu me sentiria e ficaria pensando besteira... O Joe não faria algo assim comigo, ele estava apenas conversando.

Abri a porta do armário e um papelzinho caiu no chão... Eu me abaixei pra pegar, ia jogar no lixo achando que era mais um bilhetinho idiota me zoando, eu recebia muitos desses, mais parei quando vi que o bilhete era de Joe.



Me encontre no pátio na hora do intervalo.

Saudades de você ♥





Eu sorri vendo o coraçãozinho que ele desenhara no final... Guardei o bilhete e olhei pra trás, ele continuava com as meninas, mais agora olhava pra mim e sorria. E ele achava que não tinha jeito com essas coisas.



Joe Narrando



Quando bateu o sinal do intervalo fiquei esperando pela Demi no pátio. Ela não demorou a aparecer, e eu sorri ao vê-la.

__O que estamos fazendo aqui?__ ela perguntou curiosa.

__Quero te levar num lugar__ expliquei segurando a mão dela__ vem comigo.

Ela ficou meio desconfiada mais me seguiu mesmo assim. Aproveitei que estavam todos no refeitório e a levei até um lugar que eu costumava ir quando queria ficar sozinho. Nós passamos por uma porta que costumava ficar trancada, mais eu tinha feito uma cópia da chave__ usando meu charme pra enrolar a zeladora, ela era bonitinha__ e agora eu podia ir lá sempre que queria. Subimos as escadas e um minuto depois estávamos no terraço da escola. Lá era um lugar agradável e silencioso, e também bonito, tinha espécie de jardim lá em cima... Era até romântico.

__É o meu esconderijo secreto__ comentei.

__É aqui que você fica quando some do refeitório?__ ela perguntou__ é bonito aqui em cima.

__É sim__ concordei__ ninguém mais sabe desse lugar, então é tranquilo... Às vezes eu venho aqui compor.

Ela caminhou pra mais perto da beirada e se escorou no muro, olhando lá pra baixo.

__Já trouxe alguma garota aqui? Parece um bom lugar pra... __ ela parou de falar, ficando completamente vermelha... Uma graça.

__Você é a única__ respondi e ela pareceu não acreditar em mim, dava pra ver no rosto dela.

A parte ruim de Demi ser minha melhor amiga é que ela me conhecia melhor que ninguém... E consequentemente conhecia todas as minhas aventuras amorosas, se bobear ela sabia até a quantidade de garotas com quem já sai e tudo que já fiz com elas. Isso não me ajudava muito, isso fazia com que ela não acreditasse em mim.

__Isso é uma droga sabia?__ eu comentei me escorando no muro.

__O que?__ perguntou confusa.

__Você me conhecer tão bem__ expliquei__ agente pulou toda a faze das cobertas sabia disso? Você já sabe todos os meus podres, e isso é uma droga, se você ao menos tivesse algo ruim pra contar também.

__Joe, eu não quero duvidar das coisas que você me diz... É só que... É meio difícil. Agora mesmo, você estava lá em baixo com aquelas garotas e...

__A maior parte das minhas conhecidas são mulheres__ fiz careta__ só porque converso com elas não quer dizer que...

__Tudo bem, tudo bem__ ela me interrompeu__ deixe isso pra lá... O passado não importa.

O sinal do fim do intervalo tocou, eu bufei irritado, sem querer voltar pra aula... Eu queria ficar ali com a Demi e de alguma forma mudar o meu passado incriminador.

__Hey__ ela sorriu pra mim__ continue tentando... Você esta se saindo bem.

Ela então se inclinou na ponta do pé e me deu um selinho, depois me olhou toda envergonhada e completamente vermelha.

__Vamos nos atrasar__ ela sussurrou.

Eu sorri pra ela e então voltamos juntos pra dentro da escola... Estávamos progredindo lentamente, mais isso ia mudar.

CONTINUA ...

13 comentários:

  1. ahhhhhhhhhh!!!
    sério...eu vou ter um treco...eu amo esse blog...!!!
    está d+!!!
    posta logo,please?!

    ResponderExcluir
  2. BrunaJemi_LovatoJonas17 de dezembro de 2011 22:30

    Eu vou morrer aqui, posta maaaais hj, por favooooor :D Ñ me deixa na curiosidadeeeeeeeee :) Bjjsss

    ResponderExcluir
  3. Posta posta posta posta

    ResponderExcluir
  4. aaaaaa posta outroo vaii diz q vc posta ainda hoje????????

    ResponderExcluir
  5. ****_**** Posta mais hj! :D Ta MUITO lindooooooo!

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAAA posta por favor, eu ñ vou conseguir dormir POSTA MAIS! :D Beijemis

    ResponderExcluir
  7. vou para num hospital de tanta curiosidade e a culpa vai ser sua, ta perfeito, posta logo amor. Quantos capítulos vão ser?

    ResponderExcluir
  8. own q fofo ele com ciumes da Demi.... posta mais por favor ta lindo e a Selena dizendo aquilo pra Aslhey.. AMEI!

    ResponderExcluir
  9. POSTAAAAAAAAA PLEASE!!!!!!!! :D

    ResponderExcluir
  10. POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  11. POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  12. POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  13. POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAvPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAPOSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*