Chapter Twelve

ㅤㅤㅤㅤO medo é confuso... O desespero é como uma mancha vermelha como sangue, que te envolve e te impede de enchergar, de pensar com clareza, te sufoca aos poucos, torna tudo um grande caos. Nunca senti tanto medo na minha vida, nunca estive tão indefesa e assustada, tão confusa. Nunca desejei tão profundamente uma coisa que não ia acontecer.


ㅤㅤㅤㅤO grito de terror que escapou por entre meus lábios foi inevitavel quando me virei e ele me encarou, com aqueles seus olhos negros e sinistros... A imagem do que ele fizera com Ashley inundou minha mente e o desespero foi tudo que sobrou. Ele me mataria também... Eu precisava correr. Tentei escapar, empurrando ele pro lado e indo em direção a porta, mais uma mão agarrou meu braço e me puxou com força, meu corpo voltou todo de uma vez, colidindo com o dele, causando-me uma pequena dor e roubando todo meu fôlego.

ㅤㅤㅤㅤ__SOCORRO__ eu gritei desesperada, me sacudindo enlouquecida, tentando me livrar das mãos dele__ ME LARGA.

ㅤㅤㅤㅤ__Pare com isso__ ele ordenou, não estava gritando, mais seu tom de voz era alto e decisivo__ fique quieta.

ㅤㅤㅤㅤ__SOCORRO__ eu continuei gritando__ TIO BROWN... SELENA... ALGUÉM ME AJUDA.



ㅤㅤㅤㅤEu o estapeei, mais não houve efeito nenhum... Ele era bem mais forte que eu, e apenas ficou lá parado, me segurando pelos braços com uma cara de tédio, como se eu apenas estivesse fazendo ele perder seu tempo. Depois um minuto inteiro disso, ele pareceu finalmente se cansar, me virou bruscamente, torcendo meu braço, e com a outra mão tampou minha boca, abafando meu grito de dor e puxando novamente meu corpo pra junto do seu, me imobilizando.

ㅤㅤㅤㅤ__Escuta aqui, eu mandei parar com isso__ ele resmungou zangado__ primeiro, eu sou mais forte que você, ficar me batendo não vai adiantar nada, só vai me tirar a paciencia... Segundo, gritar também não vai resolver, ninguém vai escutar, nem vir te ajudar, então por favor, me poupe desse teatrinho.

ㅤㅤㅤㅤEu parei de lutar contra ele, ficando quieta, fazer força pra me soltar só fazia ele apertar mais a mão em meu braço, me machucando mais, então fiquei quieta, sem poder falar nada, as lágrimas descendo com força e me cegando. O desespero era tão forte e enlouquecedor.

ㅤㅤㅤㅤ__Boa menina__ ele sussurrou baixinho em meu ouvido, satisfeito__ é o seguinte... Eu vou soltar você, bem devagar, e você vai ficar quietinha ta bem?__ eu assenti devagar, movimentando a cabeça levemente__ isso, não vai gritar e nem tentar fugir, porque não vai dar certo e eu odeio mulheres escandalosas, estamos entendidos?



ㅤㅤㅤㅤEu assenti novamente, engolindo minhas lágrimas... Ele afrouxou a mão em minha boca bem lentamente até soltar, eu respirei aliviada, mais depois de um segundo tentei puxar meu braço da mão dele, ele me segurou com mais força depois me empurrou, fazendo com que eu caisse com tudo emcima da cama. Fiquei ali jogada, as lágrimas novamente me sufocando, agarrei o lençol tentando descontar o desespero em alguma coisa... Joseph caminhou até a porta e a trancou, cruzando os braços e se virando logo em seguida pra me encarar.

ㅤㅤㅤㅤ__Ah por favor, pare com o drama__ ele revirou os olhos entediado e irritado__ esteja agradecida por eu ainda não ter te dado um verdadeiro motivo pra chorar.

ㅤㅤㅤㅤEngoli em seco, totalmente apavorada, eu queria gritar mais não conseguia, estava travada pelo medo surreal.

ㅤㅤㅤㅤ__Você matou a Ashley__ eu sussurrei, a cena se repetindo em minha mente como num filme de terror.

ㅤㅤㅤㅤ__É__ ele deu de ombros despreocupadamente, como se o fato não tivesse a menor importancia__ você não devia ter visto aquilo Demi, pensei que tivesse avisado pra ficar longe da minha casa... Agora já sabe porque não gosto que ninguém entre lá.

ㅤㅤㅤㅤ__Meicy... E as outras garotas__ eu gaguejei, me lembrando do que Selena me contara, todas as garotas que ele já namorou, lembrei-me também do que ela me contara sobre o lago e tive vontade de vomitar__ você as matou também?

ㅤㅤㅤㅤEle não respondeu, me obrigando a olhá-lo novamente... Ele apenas me encarava com uma expressão bem sujestiva. Era a resposta que eu esperava... Estavam todas mortas, todas elas... E eu era a próxima.

ㅤㅤㅤㅤ__Não me olhe desse jeito__ Joseph bufou impaciente__ eu não matei todas elas se serve de consolo... Algumas eu apenas usei pra me divertir... Duas delas talvez, eu não fico contando.

ㅤㅤㅤㅤComo ele conseguia ser tão frio? Eu não entendia... Ele falava como se o fato de ele ter matado um monte de garotas não significasse absolutamente nada, como se fosse muito normal. Eu me sentei na cama devagar, engatinhando pra trás, tentando ficar mais longe dele... Também olhei em volta, tentando achar uma maneira de fugir dali, mais não parecia ser possivel.

ㅤㅤㅤㅤEntão fiz a pergunta óbvia__ Você vai me matar?__ minha voz quase não saiu, eu não sabia se queria a resposta.

ㅤㅤㅤㅤEle de uma pequena risada__ Te matar não me traria nenhum beneficio, não é assim que as coisas funcionam__ ele chegou mais perto, parando bem em frente a cama__ o certo seria eu apagar sua mente de novo, mais aparentemente meus encantos não funcionam em você.

ㅤㅤㅤㅤ__Encantos?__ eu murmurei confusa.

ㅤㅤㅤㅤ__Vamos Demi, você é bem esperta... Tenho certeza que já deve ter percebido__ ele disse sorrindo__ Porque acha que todos nessa droga de cidade me adoram? Porque acha que eles não ligam pro fato de todas as minhas namoradas sumirem misteriosamente? Porque acha... Que ninguém veio até aqui saber se você esta bem? Te garanto que não é só porque sou bonito.

ㅤㅤㅤㅤParando pra pensar fazia sentido... O jeito como todos na cidade pareciam adorá-lo, como ninguém nunca desconfiava dele, ou como todas as mulheres daqui pareciam idolatrá-lo, pareciam se apaixonar perdidamente por ele. Me lembrei de quando o conheci, da forma como me senti, ou como me sinto toda vez que chego perto dele... Aquilo não era normal.



ㅤㅤㅤㅤ__É, tudo eu__ ele confessou__ estão todos sob meus encantos... Exceto você... Parece que nada funciona com você Demi. Mesmo com tudo que fiz você desconfiou de mim, fugiu e conseguiu se lembrar do que houve na noite passada... Foi a primeira, isso me intriga... Me pergunto o que tem de especial em você.

ㅤㅤㅤㅤEu não entendia o que ele queria dizer com isso de... Encantos, e nem me importava... Eu só queria ele bem longe de mim, ele era completamente louco isso sim.

ㅤㅤㅤㅤ__Você não vai se sair bem dessa__ ameacei sem conseguir conter meu ódio e minha repulsa__ a policia vai pegar você, vai pagar por ter matado aquelas garotas, seu louco... Doente.

ㅤㅤㅤㅤ__Desculpa... Eu devia me assustar com essa sua ameaça?__ ele riu descaradamente, nada preocupado com minhas palavras__ não iam acreditar que eu matei aquelas meninas mesmo que vissem eu enfiando a faca no coração delas. Não perca seu tempo princesa, e nem me faça ter que impedir você.

ㅤㅤㅤㅤUm arrepio percorreu minha espinha... Algo me dizia que ele não pensaria duas vezes antes de me impedir.

ㅤㅤㅤㅤ__Bem, acho que agora vem a parte que eu ameaço você né?__ ele fez careta, completamente cinico__ é o seguinte... Se você abrir a sua linda boquinha pra contar o que viu ou o que houve aqui pra alguém, eu mato você... E não pense que eu não faria. Como eu já disse, eu preso muito minha privacidade, então por favor... Fique longe e não se meta no meu caminho... E só pra você saber, eu sei onde a sua familia mora, e acho que você não vai querer que eles recebam uma vista minha não é?



ㅤㅤㅤㅤEu entrei em desespero quando ele falou da minha familia... As lágrimas voltaram com ainda mais força.

ㅤㅤㅤㅤ__NÃO CHEGUE PERTO DA MINHA FAMILIA SEU PSICOPATA__ eu gritei enlouquecida, me levantando da cama num reflexo e batendo nele__ NÃO ENCOSTE NELES... EU JURO QUE TE MATO.

ㅤㅤㅤㅤ__Você esta me ameaçando Demi?__ ele riu da minha cara, agarrando meus braços com força__ é alguma piada? Acho que você não esta em posição de negociar... Muito menos de me ameaçar.

ㅤㅤㅤㅤ__DESGRAÇADO__ eu continuei gritando enlouquecida.

ㅤㅤㅤㅤ__EU MANDEI VOCÊ PARAR COM O ESCANDÂ-LO__ dessa vez foi ele que perdeu a calma, suas mãos apertaram meus braços con tanta força que eu cheguei a pensar que ele ia quebrar meu braço, e seus olhos ficaram totalmente negros, me encarando ameaçadoramente__ você esta começando a me irritar Demi, e se não calar já essa boca eu juro que corto sua lingua fora.

ㅤㅤㅤㅤEu me calei então, me calei pois fiquei paralisada pelo medo, e hipnotizada enquanto olhava em seus olhos negros... Ele estava terrivelmente assustador e incrivelmente lindo, a combinação perfeita. Não consegui dizer nada, nem me mecher, mais as lágrimas continuaram descendo silenciosas, traiçoeiras. E enquanto via meu desespero ele pareceu se acalmar, seus olhos ficaram novamente castanhos e ele suspirou, aforuxando um pouco mais o aperto de sua mão.



ㅤㅤㅤㅤ__Ah Demi, eu odeio ter que ser grosso, não me faça ter que machucar você__ ele disse educadamente.

ㅤㅤㅤㅤEu abaixei a cabeça, encarando o chão enquanto tentava segurar a crise de choro que ameaçava me derrubar, eu não tinha mais força nas pernas, eu estava tremendo, e o que me manteve de pé foi suas mãos em meus braços. Eu queria que ele me deixasse cair no chão, eu queria desaparecer.

ㅤㅤㅤㅤ__Olhe pra mim Demi__ ele ordenou, eu não escutei__ eu mandei você olhar pra mim, não me faça repetir.

ㅤㅤㅤㅤCom dificuldade, levantei novamente a cabeça pra olhá-lo.

ㅤㅤㅤㅤ__Agora vamos fazer o seguinte... Eu vou soltar você, e vou descer, vou voltar para o nosso almoço__ ele disse calmamente, cada palavra bem devagar como se eu não pudesse entender__ você vai se recompor, vai parar de chorar e então vai descer, vai sorrir e fingir que nada aconteceu, diga que estava apenas passando mal. E se você surtar, se contar algo pra alguém, eu vou comer você e todos os seus parantes no jantar... Deu pra entender?

ㅤㅤㅤㅤMe lembrei do que ele fizera com Ashley, e me peguei imaginando ele matando toda minha familia, um por um... Todos me abandonando como acontecera com meu irmão, eu quase sufoquei.

ㅤㅤㅤㅤ__Eu perguntei se você me entendeu__ ele repetiu agora com impaciencia.



ㅤㅤㅤㅤEu apenas assenti, tendo dificuldade pra me lembrar como fazia pra me mecher e pra falar.

ㅤㅤㅤㅤ__Boa menina__ ele sorriu satisfeito, ele me puxou mais pra cima, pra que eu ficasse totalmente em pé, em minhas proprias pernas e então me soltou bem devagar, eu cambaleei um pouco, mais consegui me manter de pé__ eu estou esperando você lá em baixo, e é bom que você não demore.

ㅤㅤㅤㅤEntão ele me deu as costas, muito calmamente abriu a porta do meu quarto e saiu, me deixando sozinha... Assim que ele estava fora de vista eu despenquei no chão, me encolhi, abraçando minhas proprias pernas, chorando desesperadamente enquanto sentia o buraco dentro do meu peito se abrir, um que eu vinha tentando manter fechado a muito tempo. Eu pensei que fosse enlouquecer, que fosse sufocar ali mesmo, ou que simplesmente não ia aguentar a dor insuportavel no meu peito, mais depois de apenas dois minutos botando tudo aquilo pra fora, foi como se eu tivesse secado. A dor e o desespero ficaram, mais as lágrimas haviam secado.

ㅤㅤㅤㅤPrecisei de um tempo pra conseguir me pôr de pé... A unica coisa que me fez levantar daquele chão, o que me deu forças, foi o pensamento de que ele estava lá em baixo com a minha familia, foi saber que a vida deles dependia de mim... Eu não ia deixar aquele maluco machucá-los. Eu ia fazer o que me mandou, e deixaria pra enlouquecer quando estivesse a sós... Isso se eu não estivesse morta até o fim do dia.



ㅤㅤㅤㅤLavei o rosto, meus olhos estava vermelhos pelo choro, eu não ia conseguir ficar melhor que aquilo... Então desci as escadas devagar, me segurando no corrimão pra garantir que não ia cair. Quando cheguei a sala de jantar estavam todos conversando e rindo como se nada tivesse acontecido, inclusive ele.

ㅤㅤㅤㅤ__Oh Demi, que bom que voltou__ tio Brown sorriu pra mim__ você esta bem querida?

ㅤㅤㅤㅤJoseph me encarou sério, porém despreocupado... Mais a ameaça estava implicita naquele gesto.

ㅤㅤㅤㅤ__Eu estou bem__ menti, minha voz falhou, eu era péssima mentirosa__ foi só um pequeno mal estar.

ㅤㅤㅤㅤ__Ótimo__ tia Pen sorriu satisfeita__ então sente-se, vamos comer.

ㅤㅤㅤㅤEu me sentei na cadeira de frente pra ele, evitando seu olhar... Quando vi a comida senti um embrulho no estomago, vontade de vomitar, eu olhava praquilo e só enxergava sangue... Morte. Porém todos pareciam alheios ao meu estado, eu não conseguia disfarçar que estava mal, mais além de Joseph ninguém pareceu se importar... Estavam todos rindo e se divertindo muito.



_____________________________

ㅤㅤㅤㅤParecia que o tempo não passava, como eu estivesse presa aquele momento terrivel... O almoço tinha finalmente terminado, mais agora estavamos todos reunidos na sala. Selena não parava de fazer perguntas e mais perguntas sobre a vida de Joseph e ele respondia a todas sorrindo, sem nenhum problema, e todos o achavam o máximo... Ninguém sabia quem ele era de verdade, nem eu mesma sabia o que ele era. Só que era cruel e sem coração.

ㅤㅤㅤㅤ__Vou até a cozinha buscar um refresco pra nós, me ajuda querido?__ tia Pen pediu.

ㅤㅤㅤㅤ__Eu também volto num instante__ Selena disse animada, se levantando da cadeira.

ㅤㅤㅤㅤEles se retiraram da sala, deixando eu e Joseph a sós o que eu menos queria naquele momento... Ele não parecia se importar com a minha presença, estava distraido olhando uma revista que tio Brown dera pra ele. Achei que fosse a minha oportunidade. Apoei as mãos nos braços da poltrona e fiz força pra me levantar... Mais antes que eu pudesse a voz dele quebrou o silencio.

ㅤㅤㅤㅤ__Aonde pensa que vai?__ ele perguntou sem se dar ao trabalho de olhar pra mim, continuava encarando a revista.

ㅤㅤㅤㅤ__Eu quero ir pro meu quarto__ eu respondi tentando manter a calma.

ㅤㅤㅤㅤ__Não, você vai ficar sentadinha ai até eu dizer que você pode sair__ ele rebateu__ eu quero ficar de olho em você.

ㅤㅤㅤㅤ__Mais eu...

ㅤㅤㅤㅤ__Acho que você não me entendeu__ ele finalmente ergueu os olhos pra me encarar__ se você levantar essa sua bunda da poltrona, eu corto a garganta da chata da sua prima... E vou deixar ela sangrando pra você assistir.



ㅤㅤㅤㅤFiquei travada por um instante, querendo gritar e dar uma resposta pra ele, mais apenas me sentei de novo... Eu não podia arriscar a vida de ninguém, pois eu tinha certeza que ele cumpriria sua ameaça se eu desobedecesse, e nem pensaria duas vezes. Meus tios e Selena voltaram um minuto depois, Joseph se serviu do refresco, mais antes que a conversa começasse de novo ele se levantou da poltrona.

ㅤㅤㅤㅤ__Bom, foi uma tarde muito agradavel, mais eu tenho que ir__ ele disse__ tenho um compromisso.

ㅤㅤㅤㅤ__Não pode ficar mais um pouco?__ Selena perguntou esperançosa.

ㅤㅤㅤㅤ__Desculpe, não posso__ ele respondeu com um meio sorriso, parecia decepcionado com a ideia de ter que ir embora, mais ele não me enganava mais__ eu volto um outro dia com muito prazer.

ㅤㅤㅤㅤ__Tudo bem então.

ㅤㅤㅤㅤ__Demi, não quer me acompanhar até a porta?__ ele perguntou... Podia ter me dado a opção verbalmente, mais eu sabia que no fundo aquilo era uma ordem. Então sem dizer nada eu fui caminhando em direção a porta, com ele logo atrás de mim.

ㅤㅤㅤㅤEu parei de andar quando alcancei a porta, mais ele segurou meu braço e começou a me arrastar pra longe da casa, eu tentei me soltar mais foi em vão, ele nem piscou. Continuamos andando, descendo pela estrada de terra, quando chegamos a trilha que dava pra sua mansão ele parou.



ㅤㅤㅤㅤ__Eu acho realmente desnecessário falar isso de novo, mais caso você ainda não tenha entendido... Eu vou repetir__ ele murmurou me encarando com seriedade__ se você abrir o bico, ou se meter na minha vida de novo, vamos ter problemas. Eu realmente não quero ter que cumprir com as minhas ameaças Demi, então só fique na sua e vai dar tudo certo.

ㅤㅤㅤㅤ__Não vai me matar?__ eu realmente estava surpresa com aquilo.

ㅤㅤㅤㅤEle sorriu__ eu já disse, te matar não me traria nenhum benefício... Eu tenho outros planos pra você.

ㅤㅤㅤㅤNão sei porque... Mais achei melhor não perguntar do que ele estava falando.

ㅤㅤㅤㅤ__Eu vou te deixar ir, mais vou estar de olho em você vinte e quatros por dia Demi... E se você me sacanear, vai se arrepender. Eu sei tudo sobre a sua vida__ ele disse sorridente__ e se me irritar de novo, eu mato a sua familia pra que você assista e depois mato você... Porque eu posso te deixar viva agora, mais não pense que isso me impede de mudar de ideia depois. Então me diga... Nós vamos ter problemas?

ㅤㅤㅤㅤ__Não__ eu respondi secamente.

ㅤㅤㅤㅤ__Ótimo, você é uma boa menina, eu gosto disso.



ㅤㅤㅤㅤSeus olhos castanhos me analisaram dos pés a cabeça... Então com a mão ainda segurando o meu braço ele me puxou pra perto, até meu corpo estar junto do seu. Eu me odiei por isso, mais apesar do medo e da repulsa que eu sentia por ele naquele momento, ainda senti meu corpo estremecer de desejo, lembrando-se do modo como ele me beijara e me tocara da outra vez.

ㅤㅤㅤㅤ__Ainda vamos nos divertir muito Demi__ ele sussurrou com sua voz doce em meu ouvido__ você disse que sacrifice era muito parada... Eu vou te dar a emoção que você procura.

ㅤㅤㅤㅤEle se inclinou na minha direção e colou seus lábios nos meus, num selinho demorado e rude... Então largou meu braço, meio que me empurrando pra longe e eu esbarrei em uma árvore.

ㅤㅤㅤㅤ__Nos vemos por ai__ ele piscou pra mim e entrou na trilha, sumindo da minha visão.

ㅤㅤㅤㅤPaz e tranquilidade... Que bobagem minha achar que eu podia ter isso. Lembra o que disse da minha casa? Que ela parecia um inferno? Eu estava enganada... Essa maldita cidade era o inferno, e aquele homem lindo e cruel era o diabo, esperando pra me queimar e torturar... Eu estava perdida.

ㅤㅤㅤㅤDeixei meu corpo cair no chão e fiquei sentada ali na terra, encarando o vazio... Sentindo uma agonia insuportavel em meu peito, meus olhos arderem, mais eu não conseguia mais chorar. Eu agora só ia sufocar até meu coração parar de bater.

Eu nunca fui à pessoa mais corajosa do mundo, daquela que enfrenta seus medos, pelo contrário, eu costumava fugir deles. Mais dessa vez era diferente, o meu medo não prejudicava só a mim, e eu não podia deixar minha covardia custar à vida de outras pessoas.


CONTINUA ...
Bom lindas , como hoje eu to com disposição itei postar mais 2 capítulos , entao comentem bastante .. beijinhos s2'


2 comentários:

  1. AHAHAH Joseph mauzão!!!!
    Ele mete medo nessa fic :s
    Posta logo!
    Beijos*

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*