Capítulo11


Los Angeles





SÁBADO, 24 DE NOVEMBRO ─ 23:47 HORAS



Depois de sair da casa de Demi, Joe fora direto pra casa de Ashley... Ela ainda estava abalada com o ocorrido e ele passara o resto do dia lhe dando apoio. Quando ele fora embora já era quase meia noite, e isso porque uma tia de Ash apareceu por lá. Mais ele não queria voltar pra casa... Não queria ver Demi, não queria desejá-la de novo e saber que não ia tê-la... E não queria magoar Ash. Não depois de ter sido o motivo da briga dela com a mãe... Ele não merecia uma namorada como ela, era boa demais.

Abriu a porta de casa... Demi estava sentada no sofá vendo TV.



_Boa noite Jonas_ ela disse sorridente.

_Oi_ ele respondeu secamente.



Demi encarou o menino enquanto ele esvaziava os bolsos, tirando o celular, a carteira e as chaves e colocava tudo em cima da mesinha no canto da sala. Ela riu da expressão irritada no rosto dele e se levantou, indo pra mais perto.



_Teve uma noite ruim?_ ela perguntou sorrindo_ porque a minha foi ótima.

_Se minha noite foi ou não ruim, isso não é da sua conta_ ele disse zangado.

_Ta irritadinho é?_ ela riu_ viu alguma coisa que não gostou?



Joe respirou fundo tentando manter a calma, mais seu humor não era dos melhores e as provocações de Demi estavam o tirando do sério. Ela não pareceu perceber isso... Não até ele perder o controle.



_Olha aqui por que você não cala a boca em?_ ele se virou pra ela exaltado.

_Nossa garoto, que isso?_ ela deu um passo pra trás assustada.

_Você pensa que eu sou idiota né? Eu sei o que você fez_ ele disse.

_Do que você ta falando?_ ela o olhou confusa.

_Que você ficou se agarrando com aquele seu amiguinho aqui no meio da sala só pra me provocar_ ele disse.

_Eu não fiz isso_ ela mentiu_ mais pelo visto funcionou né? Você ta bem irritado.

_Pois se queria me tirar do sério perdeu seu tempo.

_Não parece_ sorriu.

Ele já estava totalmente irritado, a agarrou pelos pulsos e a puxou pra perto, fazendo com que ficassem cara a cara.



_Quer saber de uma coisa?_ ele sorriu amargamente_ foi muito bom que Ash tenha me ligado e me impedido de fazer aquela loucura. Dormir com você seria a pior burrice que eu cometeria na minha vida.

_Me solta seu estúpido_ ela tentou se soltar.

_Quer saber por quê?_ ele questionou sorrindo cinicamente_ garotas como você não valem a pena... Nem mesmo pra uma transa. Você fica ai com essa sua cara de santinha, mais no fundo eu sei bem quem você é de verdade. Dorme com seu amiguinho um dia, da em cima de mim no outro e não espera nem vinte quatro horas antes de pular no próximo.

_Me solta agora_ ela ordenou zangada_ O que você esta insinuando em? Acha que eu sou o que?

_Quer mesmo que eu responda o que eu vejo quando olho pra você?_ ele disse_ uma vadia.



Demi nem acreditou no que ouvia, por um instante ficou boquiaberta encarando os olhos zangados de Joe. E teve que se segurar pra não deixar que lágrimas de raiva descessem por sua face. Quem ele pensava que era pra falar com ela desse jeito?



_VOCÊ É UM ESTUPIDO JONAS_ gritou ainda com as mãos presas_ Você não me conhece, não sabe nada da minha vida e não tem o direito de falar desse jeito comigo.

_Eu sei o bastante_ ele disse_ e graças a Deus que não dormi com você.

_Você vem querer falar de mim... Mais estava bem animadinho quando me agarrou... VOCÊ É UMA GALINHA, IDIOTA E SUA NAMORADA SONGAMONGA É UMA CHIFRUDA BURRA... UMA IDIOTA POR NÃO VER O NAMORADO SEM VERGONHA QUE TEM.

_É melhor tomar cuidado quando falar comigo_ ele disse.

_Não tenho medo de você.



Os dois se encaram irritados... Joe apertava os pulsos de Demi com tanta força que já deixava marcas.



_Me solta agora_ ela ordenou novamente_ e nunca mais se atreva a encostar em mim.. Você mora na minha casa, mais não tem o direito de falar de mim, não me conhece.

_Eu conheço seu tipo_ ele disse com seu sorriso cínico_ já peguei muitas assim.

_Elas não eram iguais a mim_ disse em um sussurro.



Mais um minuto de silencio enquanto os dois se encaravam... Demi puxou então os braços da mão dele, o ódio lhe transparecendo a face. Então passou por ele, esbarrando em seu ombro sem nenhuma pena e correu pra se trancar em seu quarto.



_IDIOTA... RIDICULO... ESTUPIDO... NOJENTO... FILHO DA PUTA... DESGRAÇADO_ ela gritava histericamente.



Ninguém nunca tinha falado com ela daquele jeito... Nenhum homem, nenhuma garota, nem seu pai a tratara daquele jeito. Quem aquele idiota pensava que era pra julgá-la daquele jeito... Ele não sabia nada sobre ela.



_Você me paga Jonas_ ela sussurrou_ isso não vai ficar assim.



No andar de baixo, Joe só controlara o impulso de sair quebrando tudo porque a casa não era sua... Não conseguia entender o que havia lhe dado, porque perdera o controle daquele jeito. Nenhuma mulher nunca conseguira o tirar do sério... Só ela.

E nem havia motivos praquilo... Idaí que ela estava transando com outro, Idaí que fez aquilo pra provocá-lo? Ele tinha namorada, e não deveria dar a mínima pra isso.

Mais surpreendentemente ela conseguira o irritar... Mais do que devia.



_Idiota_ resmungou pra si mesmo.



Ele se jogou ali no sofá mesmo olhando as paredes... Estava tentando entender o que tinha acabado de acontecer, e agora tinha certeza que sua paz naquela casa tinha acabado.

Depois de longos minutos encarando o nada, Joe acabou adormecendo ali no sofá, afinal já passava da meia noite.

Demi... Bom, ela passara a noite em claro relembrando as palavras grosseiras dele.



Algumas horas Depois...



No dia seguinte, Joe só acordou por causa do barulho da campainha... Abriu os olhos assustado, e viu Demi correndo pra atender a porta. Se sentou, esfregando os olhos, tentando afastar o sono... Selena e Rick entraram na casa.



_E ai onde é que ta?_ Selena perguntou animada.

_Lá em cima no meu quarto_ Demi respondeu sorrindo_ vamos até lá.

_Claro_ concordaram.

_Bom dia pessoal_ Joe disse.

_Bom dia Joe_ Selena e Rick cumprimentaram.

Joe percebeu que Demi continuara calada, ignorando por completo sua presença ali.

_Bom dia Demi_ ele sussurrou.

_Oi_ respondeu secamente sem nem sequer olhar pra ele.



Joe suspirou, e então os três subiram as escadas e o deixaram na sala sozinho... Depois de um breve instante encarando as paredes ele foi até seu quarto se arrumar.



_O que foi aquilo?_ Selena perguntou.

_Aquilo o que?_ Demi questionou confusa.

_Oi_ ela repetiu imitando o tom de voz e a cara de poucos amigos de Demi.

_Só estava respondendo ele_ deu de ombros.

_Vocês brigaram_ Rick concluiu.

_Porque acha isso?

_Eu sei tudo sobre relacionamentos meu amor_ ele sorriu_ conta o que houve.



Demi não queria falar sobra aquilo... Era desagradável e quando se lembrava tinha vontade de chorar... Ninguém nunca a fazia chorar, não seria ele que conseguiria.



_Agente discutiu ontem_ disse dando-se por vencida_ ele estava irritado por causa da brincadeira que eu e Rick fizemos.

_Ele realmente não achou tão engraçado quanto eu_ Rick comentou.

_Mais e ai?_ Selena insistiu.

_Ele ficou mais zangado quando comecei a provocar ele e começou a gritar comigo_ suspirou_ disse que ainda bem que não tinha transado comigo, quem não valia a pena, que era falsa... Que eu...

_Você o que?_ Rick quis saber curioso.

_Que eu era uma vadia_ ela sussurrou.

_NÃO CREIO_ Rick arregalou os olhos irritado_ Aquele filha da puta falou isso?

_Sim_ afirmou.



_Ah mais isso não vai ficar assim_ ele se levantou_ Ele vai ver só quem é a vadia... Quem ela pensa que é pra falar assim?

_Rick se acalma_ Demi pediu.

_Me acalmar nada... Ninguém meche com as meninas_ ele disse fazendo um gesto engraçado com a mão enquanto falava_ idaí que eu sou gay? FODA-SE... Os meus músculos não estão aqui só pra atrair uns bofes... EU VOU QUEBRAR A CARA DELE.



Rick já saia em disparada na direção da porta, mais Demi se levantou correndo e se pos na frente dele pra que não continuasse.



_Rick, eu agradeço meu amor... De verdade_ ela sorriu_ mais não se de ao trabalho, não vale a pena.

_Como não? Ele te insultou_ disse com indignação.

_É_ Selena concordou.

_Os insultos dele não significam nada... Ele não significa nada, não vale a pena se rebaixar ao nível dele. Você é um gay de classe meu amor, não perca isso_ ela pediu sorrindo.



Rick cruzou os braços e bateu o pé no chão, odiava quando alguém se metia com suas amigas... Não interessava se ele era gay, não interessava classe social, a cor... Ninguém se atrevia a magoá-las. Era pedir pra morrer.



_Ta bom_ ele se deu por vencido_ mais se ele se atrever a fazer isso mais uma vez... Ai ele vai ver só do que a bicha é capaz.

_Já disse que você é o máximo?_ Demi perguntou.

_Acho que hoje não_ ele riu.



Ela largou da porta e foi abraçá-lo... Rick sempre fora muito mais que um amigo... Ele e Selena eram muito mais que isso, eram a família dela.



_Que tal agora nos divertirmos em?_ Selena sugeriu_ foi pra isso que viemos aqui.

_Ótima ideia.

_O que vamos fazer?_ Rick questionou_ ta faltando um homem aqui.

_É uma tarde de garotas meu bem_ ela piscou pra eles que riram.



 CONTINUA...
Bom minhas lindas , so amanha agora ...
Depois que eu chegar do meu pré-vestibular posto 2 capitulos pra vocês , mas so vou postar a noite , pq chego em casa la pras 18:30 , fico na escola o dia todo amanhã(ninguenmerece :@)

3 comentários:

  1. lindooo
    Eu sei que isso é
    cansativo mais...
    Posta Logoooo
    kk'
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Selinho para vc : http://jemieunomudarianada.blogspot.com/2011/06/selinho.html

    ResponderExcluir

Espero que tenham gostado do capítulo :*